rpgvale
1599924783602205
Loading...

Cachorros Samurais - Resenha

Pois bem pessoal. Depois de um longo afastamento por este que vos fala, depois de enfrentar os dragões e os orcs do dia a dia de trabalho...

cachorros2

Pois bem pessoal. Depois de um longo afastamento por este que vos fala, depois de enfrentar os dragões e os orcs do dia a dia de trabalho de um nerd atolado de serviço chato, encontro um descanso para poder voltar a falar das coisas que realmente gosto. Deixando as besteiras de lado, vamos retomar as resenhas dos participantes do Concurso Secular de Criação de Jogos, que alias já divulgou seu vencedor, mas isso é assunto para outro post.

O jogo avaliado dessa vez é o Cachorros Samurais de Alan Silva

A primeira coisa ao ter contato com o pdf do jogo é espantar-se com o projeto gráfico e a diagramação do livreto. Nos da a impressão de que Cachorros Samurais esta pronto para a impressão e distribuição, ams até onde isso seia verdade?

A proposta do jogo é um experiencia de narrativa compartilhada onde cada jogador assume um papel dentro da história, sendo obrigatório que um deles seja o Mestre, o sensei da cachorrada que definirá os objetivos e testes para seus discípulos e outro seja o lobo, o pária que se entrega ao Bushido canino mas traendo alguns pontos diferentes. E os demais jogadores seriam os Dobermans, os Chow-chow ou Akitas que buscam a perfeição em sua arte de luta. E biscoitos, claro.

As regras

Os personagens possuem três características:

Disciplina: Capacidade de adquirir biscoitos para cada feito realizado. O quanto disciplinado
você é com o seu mestre. Obediência. Resolvam as ações fora do combate com este atributo.
Honra: Mede a capacidade máxima de biscoitos. A fama que  você possui em relação à
sociedade. Prestígio, reconhecimento.
Técnica: São as qualidades das técnicas aprendidas pelo mestre Yamashita. Eficiência,
competência. Consumo elevado de biscoitos.

Os jogadores são recompensados com pontos de características toda vez que cumprirem os objetivos da doutrina do mestre, sendo que o mestre é o único a não ganhar mais pontos de carcterísticas.

Outra recompensa pelos seus feitos que os deixarão com os rabos agitados de alegria são os biscoitos.

Os díscípulos são recompensados com biscoitos quando realizarem um feito:

Disciplina: Aprender e praticar o que for dito pelo mestre Yamashita.
Defender a si e aos outros: Estar protegido para proteger os demais.
Coragem: Não recuar, mente limpa. Estar preparado para realizar um ataque.
Honra: Conquistar o respeito entre a sociedade e seu mestre.

Menos o lobo que ganhará biscoitos apenas para feitos específicos para sua classe.

Os tentadores biscoitos podem ser trocados por armas ou técnicas, alêm de servirem como power ups dos guerreiros quando consumidos longe dos olhos do mestre. Se forem pegos comendo os preciosos biscoitos, serão punidos com a apreensão de todos os deliciosos biscoitos.

Os testes de características são realizados com apenas um dado de seis faces.

A mecânica parece simples e divertida mas faltou uma melhor explicação de como se faz a criação de personagem (precisamos improvisar na hora que fomos testar o jogo), e o custo dos equipamentos em biscoito nos pareceu muito alto e inatingível para um dia  de jogo, talvez para uma campanha longa essa quantidade seria facilemnte alcançada.

Não há no livreto uma explicação sobre as técnicas que podem ser aprendidas e nem sobre a diferença entre os ataques dos diversos tipos de armas que nos são apresentadas. No fim tivemos que improvisar muitas dessas coisas tentando manter o espírito da proposta o jogo.

Narrativa Compartilhada

O jogo é composto por 5 sessões narrativas, sendo que cada sessão dura em torno de uma hora e é aqui que ficou interessante. A cada sessão os jogadores triocarão de personagens entre si, sendo responsabilidade do novo jogador de manter a linha iniciada pelo anterior. O mestre é sempre quem tera o controle da sessão. No fim cada jogador irá jogar com cada um dos personagens passando pelo mestre e pelo lobo, tornando numa experiencia divertida para todos.

Foi muito legal o criador trazer uma aventura “pronta” para quem quisesse se aventurar em seu universo de cães samurais e biscoitos.

Conclusão

O jogo de Alan Silva é muito divertido e tem muito potencial. Uma boa revisão e um bom preenchimento das lacunas deixadas por seu criador deixaria esse jogo pronto para até mmesmo ser comercializado como pdf (por um valor bem acessível né) e seria legal quue as várias pequenas editoras de pdf que estão surgindo ficasse de olho em experiências como a de Cachorros Samurais.

Uma tarde de jogo em que as horas passaram voando e era dificil fazer com que os jogadores se livrassem de suas personagens trocando-a por outra no primeiro momento, ams depois nã viamos a hora de termos o controle do mestre ou do lobo para adicionar-mos uma boa dose de emoção.

Uma pena que não encontrei nenhuma forma adequada para entrar em contato com o criador do jogo. Se alguém tiver alguma luz sobre seu paradeiro favor nos informar.

Gostaria de trocar umas idéias com ele. E biscoitos, hum…

Rpg 272162778701164588
Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos