rpgvale
1599924783602205
Loading...

Canções da Meia-Noite #35 - Chama Extinta - Parte Final

Saudações caros contadores de histórias a Canções da Meia-Noite de hoje trara o desfecho da saga de Pyros,que agora possui o poder da Que...


Saudações caros contadores de histórias a Canções da Meia-Noite de hoje trara o desfecho da saga de Pyros,que agora possui o poder da Queima Infinita e com este mesmo poder derrotou seu nêmesis Histell,o que resta agora para o maior mago do fogo de todos os planos realizar?




Em um piscar de olhos, Pyros surge na frente de Emil Berthold,que leva um pequeno susto mas não se abala. Sekhmet, com sua face furiosa, está pronta para atacar com toda a sua ira contra o infernita. O calor da batalha corre pelo corpo da deusa guerreira, calor este que para Pyros é tão facilmente perceptível quanto um objeto brilhante a seus olhos. Instantes de concentração dePyros fazem com que tal calor no corpo da paradisiana seja quase eliminado, levando a deusa a quase desmaiar.- Ela não te atacaria se eu não ordenasse, não há motivos para torturá-la. - Emil fala com a mais completa calma. - Vejo que agora Pyros, o Senhor Absoluto do Fogo, é também o senhor absoluto dosMagos do Fogo! Finalmente sua missão foi cumprida, e a Queima Infinita faz parte de sua essência!- Sim. Tenho o comando absoluto sobre os Magos do Fogo deste e de outros mundos. Cumprimeu trato com você, e nada lhe devo. O que está fazendo aqui?- Vim aqui eliminar todos osMagos Vermelhos refugiados no último templo organizado dos seguidores de Histell. Você felizmente possui uma essência muito característica que Sekhmet detecta estando do outro lado do mundo. Eu o segui até aqui e reduzieste templo em ruínas. A obliteraçãodos seguidores de Tenebras logo chegará ao fim! Seu comportamento combativo reflete com facilidade sua afinidade com a união de sua alma a Kriene'Lavi, e tal fato não será tolerado na Terra!- Apenas para registro,Kriene'Lavi nada representa em minha alma. Não mais. Sou um perfeito representante da Queima Infinita, e não de um deus-monstro corrompido de Tenebras! Parta imediatamente ou terá aoportunidade de ver o que o Senhor Absoluto do Fogo é capaz de causara um simples humano arrogante!Sua deusa egípcia não é nada pertoda Queima Infinita, posso destrui-lacom a facilidade com que um furacão dilacera uma folha de papel!- Partirei, mas não antes decumprir minha missão aqui neste deserto. - Emil manipula um controle em suas mãos. - Asa Negra,unidade aérea: continuar a eliminação dos Magos Vermelhos,com alvo prioritário sendo Pyros,seu líder máximo! - Sekhmet saltado chão e agarra Emil rapidamente,teleportando-os do local.O bombardeio das dezenas de caças militares se inicia sobre o Deserto de Gobi. Todos os Magos Vermelhos são exterminados, um a um, com os mísseis guiados por movimento, as metralhadoras de canos múltiplos e as minas terrestres de alta capacidade explosiva.Explosões ininterruptas cobrem toda a superfície, levantando grande poeira e areia ao ar, dificultando avisão dos Magos Vermelhos que buscam desesperadamente sobreviver e abater tantos caças quanto puderem.O deus-dragão sozinho enfrenta grandes quantidades deaviões, embora muito enfraquecido pela batalha contra Histell. As explosões causadas na superfície atrapalham a concentração e apontaria de Pyros, que decide levantar vôo. Porém, Pyros é atingido por diversos projéteis no momento em que se livra da areia e fumaça, caindo ao chão muito enfraquecido. Concentrando-se,Pyros explode todas as fontes decalor dos aviões, gerando uma reação em cadeia que elimina rapidamente quase toda a frota aérea. Os poucos aviões restantes batem em retirada, deixando Pyrosferido em meio a inúmeroscadáveres de Magos Vermelhos.Sem a capacidade de reagir instantaneamente, Pyros é atacado pelas garras de Sekhmet. Alguns metros afastado, está Emil Berthold,em seu impecável uniforme militar,com o emblema da ONU. Sekhmetataca incessantemente e em uma fúria cega, tentando tirar a vida dePyros a todo custo. Mesmo assim, o Senhor Absoluto do Fogo sofre pouco perto do grau de destruiçãoque Sekhmet causaria a outracriatura.- Admiro seu imenso poder,mestre das Chamas que Calcinam aCarne! - Emil fala em tom jocoso. - Já sabia que meu exército da Asa Negra nada poderia contra um deus infernita, e que mesmo Sekhmet não tem os atributos místicos para vencer um enviado dos planos elementais, como você se tornou.Tenho mais um aliado, treinado para eliminar ameaças como você,que vivem pela conquista incessantee corrupção dos mundos em nome de infernitas e tenebritas!Pyros mal tem tempo para se defender dos ataques de Sekhmetquando sente as sombras de suas pernas sendo paralisadas,conseqüentemente paralisando suas próprias pernas. Um gigantesco rasgo de garras surge nas costas do deus-dragão, fazendo-o urrar de dore cólera. A visão do infernitacomeça a nublar, como se um véude escuridão estivesse se formando sobre seus olhos. A criatura misteriosa, com pele de sombras e olhos vermelhos, morde a região entre o ombro esquerdo e o pescoço de Pyros, mostrando ao líder máximo dos Magos do Fogo que a criatura tem extremo poder, para conseguir usar as presas para perfurar a resistente pele do deus-dragão.A criatura nada diz, não expressa nada em seu rosto comforma de babuíno e cabelos compridos e desgrenhados. Apenas ataques com garras, presas e tentáculos de sombras, enquanto Sekhmet inicia seu banho de sangue sobre o corpo moribundo de Pyros. Jatos de sangue e fogo jorram à volta, ferindo o monstro sombrio e Sekhmet, mas nenhum deles pára seus ataques contra o corpo dracônico do Senhor Absoluto doFogo. Certo tempo depois, a energia divina guerreira unida aos poderes sombrios e especializados na destruição das energias inferiores,combinados, obrigam o coração do deus-dragão a parar seus batimentos cardíacos. A Queima Infinita, sem o coração para fluir o fogo do plano elemental, se acumulano tórax. Sekhmet e seu aliado sombrio se afastam para perto deEmil, enquanto o peito de Pyrosincha exageradamente; segundos depois, a integridade do corpo não suporta tanta energia contida, e explode tudo à volta.Uma nova cratera surge, com Emil e seus dois aliados a seu lado.No centro da cratera, nada mais queareia derretida e fumaça se esvaindo, para revelar ao Anticristoa Frgrur, fincada no lago vítreo.
- “E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta, vi saírem três espíritos imundos, semelhantes a rãs. Pois são espíritos de demônios, que operam sinais; os quais vão ao encontro dos reis de todo o mundo,para os congregar para a batalha do grande dia do Deus Todo-Poderoso.” Interessante trecho do Apocalipse, não? - Emil fala comSekhmet e o personagem misterioso,ao mesmo tempo em que retira dacratera a Frgrur. - Se é assim, devome apressar para que esta profeciase torne realidade logo. Vocês dois,me acompanhem: o Concilium Mundi logo se realizará, e nada me impedirá de dominar as nações e os deuses!As três criaturas somem em meio à tempestade de areia,deixando para trás um cenário desolado de cadáveres e aviões estraçalhados, junto à cratera que agora serve de lápide ao Senhor Absoluto do Fogo.

Rpg 8055810813252624192
Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos