CCXP2018 - Fui na Spoiler Night


Eu já tinha desistido de ir na CCXP 2018 quando um amigo teve que viajar e fez aquela pergunta que nem precisava: “Tenho um ingresso para a Spoiler Night, você quer?”


E lá fui todo feliz conhecer finalmente o maior evento de cultura Geek e Pop da América Latina, que rolou no São Paulo Expo, perto do metro Jabaquara.

Senti um pouco de confusão na organização por parte do pessoal de apoio. Recebi informações erradas 3 vezes, antes de alguém me explicar que tinha que ir para o estacionamento onde se organizava a fila para entrar. De uma hora para outra virou uma correria. “Pedir para nerd correr é osso” escutei de um casal que carregava 2 malas aparentemente bem cheias.

Antes disso, tenho que comentar que enquanto esperava o ônibus gratuito que leva e trás o povo conheci a Julia Gavillan do excelente site Judão. Pessoa incrível, batemos um papo entre muitas coisas geeks, sobre filhos e adoção (sim, tô nessa fase de falar dos filhos e tals). Ainda não estava no clima do evento e não tirei foto (que burro).


Nesse primeiro dia, que tem um período menor - das 18hs as 21hs, só quem adquiriu as  categorias de ingresso Epic, Full e Unlock, além de convidados, entraram no evento.

Logo deu para passear sem muitos encontrões, mas mesmo assim as principais experiências contavam com boas filas. Como O Mundo Sombrio de Sabrina, A maldição de residência Hill e La Casa de Papel da Netflix. GOTXP também estava com bastante gente esperando o tour de quase meia hora passando por quatro ambientes da série.


Uma réplica da Cabana de Hagrid de Harry Potter pode ser vista e está incrível.


Esse dia serve para termos uma boa noção do que vai vir depois da abertura oficial. Fazer compras sem ter que esperar muito e com produtos no estoque.

Logo, além de muitas fotos, fui atrás do meu exemplar do novo lançamento da Jambo Editora, A Flecha de Fogo, do já conhecido escritor Leonel Caldela (que mestrou rpg para o pessoal do Jovem Nerd e escreveu  A Lenda de Ruff Ghanor, entre outros livros). Um calhamaço com mais de 700 páginas.


Consegui dar uma olhada em outro lançamento da editora, o muito esperado Império de Jade, mostrando como usar em sua mesa de jogo o recém recuperado reino de Tamura.


Uma grande surpresa foi conhecer uma atriz de um dos canais mais legais do Youtube, a  Fernanda Cascardo do DRelacionamentos. Gente como a gente, ela também joga RPG e adquiriu sua cópia do livro do Caldela.


Uma área épica da CCXP é o Artists’ Alley, um espaço para ilustradores, roteirista etc, que expõem seus trabalhos. São mais de 540 quadrinistas entre consagrados, novos talentos e profissionais independentes. Uma ótima oportunidade para interagir com aquele artista que você segue e/ou já trocou uma figurinha na internet.


Dali sai com o Lizzie Bordello e as Piratas do Espaço Vol. 2 — A Volta de Capeta, da quadrinista e autora Germana Viana, que, além de outros trabalhos, coordenou e é uma das artistas do “Gibi de Menininha - Histórias de Terror e Putaria”, que já está na minha lista para ser adquirido.


No meio de espaço do Artists’ Alley tem um palco que estava sendo preparado, onde consegui conversar um pouco com o humorista e imitador Ed Gama, que falou do seu amor pela cultura pop.



O espaço que celebra os 80 anos do Superman, o gigantesco estande da Warner Bros e os estandes de itens colecionáveis eram também muito procurados.



E, claro, os cosplays. Havia vários e com certeza nos outros dias muito mais para os admiradores dessa arte.



Resumindo bem, foi muito legal. Ano que vem quero aproveitar os outros dias.

Agora seguem as fotos:










































































Siga O Ricardo "Mestre" Urbano no Instagram e no Twitter.

About Ricardo "Mestre" Urbano

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 disqus:

Postar um comentário