rpgvale
1599924783602205
Loading...

Jogos digitais são o entretenimento mais popular e lucrativo do mundo

Estatisticamente, jogos digitais são a forma de entretenimento mais popular e que mais dá dinheiro em todo o mundo, ficando na frente até...


Estatisticamente, jogos digitais são a forma de entretenimento mais popular e que mais dá dinheiro em todo o mundo, ficando na frente até mesmo da música, TV e cinema.

Não é nenhuma novidade que a indústria dos jogos está crescendo cada vez mais – inclusive no Brasil, como descobrimos graças aos números divulgados após o último BIG Festival. Mas você sabia que, no mundo todo, não há nada mais rentável e popular do que os jogos?

Em 2017, o lucro da indústria de jogos digitais chegou a USD 116 bilhões, enquanto a televisão e os serviços de streaming alcançaram a marca dos USD 105 bilhões, a indústria cinematográfica ficou com USD 41 bilhões e a música com USD 17 bilhões. Mais ainda, o mercado de jogos digitais registrou um crescimento de 10,7% – enquanto a televisão teve uma queda de 8%.

No Brasil, por exemplo, somos o 13º maior mercado mundial de jogos, com 75,7 milhões de gamers, em uma indústria com uma receita de 2018 estimada em R$ 1,5 bilhões. 


Mas por que a indústria dos jogos cresce tanto?


Existem vários motivos para os jogos digitais estarem no topo da indústria do entretenimento, como por exemplo:

  • A recente abertura do mercado de jogos Chinês, que vem crescendo uma média de 14% por ano nas vendas;
  • Crescimento nas microtransações, ou seja, as compras realizadas dentro de jogos, como Fortnite;
  • O sucesso na venda de jogos populares, que ultrapassam dezenas de milhões de cópias vendidas.

Um bom exemplo desse sucesso é GTA V, por exemplo, que vendeu 90 milhões de cópias e lucrou mais de USD 6 bilhões, ganhando o título de lançamento mais rentável de toda a história da indústria do entretenimento – ou seja, nenhum filme, música, livro, enfim, nada já lançado no mundo gerou mais dinheiro que GTA V.

Os jogos e a indústria do cinema


Outro ponto que vale a pena notar é a relação entre os jogos e os filmes. Se antigamente os filmes populares eram transformados em jogos, hoje em dia esse papel se inverteu: são os jogos que viram filmes. Franquias de sucesso como Assassin’s Creed, Silent Hill, Castlevania e muitos outros têm visto suas histórias serem adaptadas para o cinema.

Esports, streaming e jogos mobile


A popularidade dos jogos e a chegada dos serviços de stream, como a Twitch, permitiu que muitas pessoas deixassem de ser apenas fãs e se tornassem também estrelas do mundo gamer. Mais ainda, o streaming de esports abriu espaço para outras formas de mercado e lucro, como a venda de ingressos para jogos e anúncios durante sessões de stream.


Já nos jogos mobile, o lançamento do Nintendo Switch foi um marco da portabilidade. O console não apenas permitiu que os jogadores curtissem em um portátil muitos dos jogos que anteriormente estavam disponíveis apenas para PC ou consoles, como também fez com que muitas produtoras criassem novos jogos de sucesso feitos especificamente para esse modelo.

Além de extremamente lucrativos, os jogos mobile representam também o interesse dos jogadores em ter seus jogos presentes em diferentes momentos das suas vidas. Fila do mercado? Consultório do dentista? Passeio no parque? Nada disso agora é impedimento.

O que esperar do futuro?


Os jogos digitais se tornaram a forma de entretenimento mais lucrativa e popular no mundo todo e isso não vai parar por aí. A tendência ao fácil acesso a tecnologias – com Smart TVs e celulares cada vez mais baratas e facilidade de acesso a internet de alta velocidade – vai permitir também o crescimento ainda maior do mercado de stream e dos jogos mobile. O aumento da acessibilidade significa também que os jogos estão se tornando mais inclusivos e acessíveis a diferentes camadas da população.

O futuro tem tudo para ser incrível, mas existe apenas uma última barreira a ser quebrada: velhos preconceitos. Apesar de estar lentamente ganhando espaço, os principais meios de comunicação ainda se apegam a retratar jogos com base em notícias falsas que supostamente relacionam jogos com crimes violentos ou tragédias. 

Talvez, agora que os jogos digitais dominam todas as formas de entretenimento, poderemos finalmente ver cada vez menos histórias tristes e cada vez mais notícias que mostrem como os jogos são também ferramentas poderosas para a educação, ascensão e a inclusão social.

Siga o Thiago Fernandes no Instagram e no Twitter.

Notícias 5364267672587546409

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos