rpgvale
1599924783602205
Loading...

Gameplay Interativo: os MMOs são o futuro do entretenimento?

É impossível negar que, ao longo dos últimos anos, os jogos online têm ocupado cada vez mais espaço na mídia mainstream – seja na criaç...


É impossível negar que, ao longo dos últimos anos, os jogos online têm ocupado cada vez mais espaço na mídia mainstream – seja na criação de filmes inspirados neles ou na presença cada vez maior dos esportes eletrônicos. A medida em que grandes empresas tentam abocanhar fatias cada vez maiores do mercado de PCs, consoles e qualquer outra plataforma existente, quem sai ganhando são os jogadores, presenteados com títulos incríveis que estão moldando o mercado de jogos online.

O gameplay interativo é o futuro do entretenimento

Essa é uma verdade que todos aqueles que trabalham na indústria do entretenimento precisam entender. As gerações que estão por vir não ficarão mais satisfeitas com a ideia de apenas assistir um filme – elas querem fazer parte do filme. E é exatamente essa mudança de comportamento do público que está moldando o futuro dos jogos.

Imagine o mundo daqui a alguns poucos anos: você acabou de comprar ingressos para o seu jogo favorito e mal pode esperar para chegar em casa, tirar seus sapatos, colocar os seus óculos de realidade virtual e literalmente estar em um estádio com milhares de outros espectadores. 

Mais do que isso, talvez você esteja no estádio usando um uniforme completo da sua equipe favorita, em um avatar virtual que você criou e customizou. E, talvez, depois de assistir ao seu jogo favorito, você também poderá se reunir com amigos e entrar em campo para jogar com eles.

E com essas ideias são adaptadas aos jogos online?

O conceito de assistir esportes usando a realidade virtual não é nenhuma novidade, mas por que não trazer esse conceito para mundos de fantasia? Um cenário no qual os jogadores podem explorar o mapa ou apenas sentar e relaxar, observando como o mundo se desenvolve diante dos seus olhos.

Jogos mainstream como Resident Evil, Fallout 4 e Skyrim já possuem as suas versões em VR, bem como lançamentos menos conhecidos tais como The Lab e Obduction – e até mesmo clássicos como Ping-Pong e Boxe já estão disponíveis em VR na Steam.

A simples ideia de explorar a vontade dos jogadores de apenas sentar e observar o desenvolvimento dos acontecimentos em um jogo já é aproveitada por empresas como a Amazon, dona do Twitch – uma comunidade construída em torno de milhares de pessoas assistindo outras pessoas jogar um determinado jogo.


E o que o futuro dos jogos nos reserva?

A linha entre os jogos e os demais entretenimentos se torna cada vez mais tênue, com um número cada vez maior de obras de arte que fazem com que os jogadores se sintam parte da história, ao invés de meros espectadores.  

Estaremos caminhando para um possível 2030 no melhor estilo Sword Art Online? Ou estaremos deixando de lado a jogabilidade para fornecer experiências onde os jogadores são meros atores guiados por uma história?

Mas, para saber o real final dessa história, só podemos aguardar os próximos lançamentos. 

E para os fãs saudosos dos antigos jogos online, só resta esperar que os MMOs sejam o entretenimento do futuro sem que os MMORPGs se tornem uma relíquia do passado.

Siga o Thiago Fernandes no Instagram e no Twitter.

RPG Online 5251897315900314557

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos