rpgvale
1599924783602205
Loading...

Tree of Savior, World of Warcraft e mais: Que tal ser pago para jogar mmo?

Eu sei que você já pensou nisso. Eu também já pensei nisso. Mas e se eu te falasse qu...




Eu sei que você já pensou nisso. Eu também já pensei nisso.

Mas e se eu te falasse que ganhar dinheiro para jogar mmo pode não ser um trabalho dos sonhos?

O que pode parecer o sonho para muitos fãs do gênero, na verdade é uma realidade bem menos glamorosa e bastante deprimente. E antes que você pense em largar seus estudos e ir vender a sua alma passando o dia todo no computador, vamos descobrir como é o verdadeiro mundo de quem trabalha com isso.

... e depois não digam que eu não avisei, crianças.

Ok, estão prontos? Então vamos lá. Vocês provavelmente já sabem que “farmar ouro” é uma expressão que a maioria dos jogadores de jogos online conhecem, significando o ato de fazer uma ação repetidamente visando juntar ouro – ou qualquer que seja a moeda virtual do seu jogo. Dessa expressão, surgiu o nome “gold farmer”, que é justamente a profissão das pessoas que passam o dia jogando unicamente para juntar ouro e depois trocar tudo o que arrecadou por dinheiro da vida real.

Essas pessoas são contratadas para criar contas falsas com o único objetivo de juntar ouro, manualmente ou por meio do uso de bots. E é uma carreira bastante competitiva. 

Surrealmente competitiva. É sério.

A China dominava o mercado

Ok, agora a coisa fica mais séria. Esse é um mercado que, em seu auge, já movimentou mais de UM FUCKING BILHÃO DE DÓLARES no país, com mais de 100.000 empregados trabalhando o dia todo em turnos de aproximadamente 12 horas, com uma remuneração que varia em torno de U$0,10 por ouro vendido.

Em 2009, o governo baniu a profissão do país, proibindo que empresas particulares trabalhassem com isso. O que não significa que o mercado morreu, é claro.

E se você estiver prestando atenção, já reparou que eu falei que o governo chinês proibiu que empresas particulares trabalhassem com isso. E eu não disse nada sobre empresas públicas. Pois é. Isso é porque o governo chinês obriga muitos dos seus prisioneiros e trabalhar nesse ramo, como uma espécie de trabalho físico forçado. 

Se você algum dia já imaginou como seria um futuro distópico em um mundo virtual, seria assim – um governo usando um jogo online para te obrigar a trabalhar em minas virtuais em troca de dinheiro.

Eu avisei que era uma profissão sem glamour.

É um verdadeiro mercado negro

Apesar de leis trabalhistas nem sempre se aplicarem ao que acontece no mundo virtual, as produtoras certamente tentam banir essa prática. Ser um gold farmer no WoW, por exemplo, é completamente proibido e a Blizzard vai banir a sua conta para sempre caso descubra. 

Obviamente, isso não impede que os trabalhadores criem uma nova conta em dez minutos e voltem para a ação.



Mais ainda, as empresas que compram ouro precisam saber se você não é um representante da produtora do mmo em questão, antes de aceitar o seu dinheiro. Como em uma venda de drogas ilegais em um filme, você literalmente precisa provar que não é um policial antes de entrar nesse mercado. Por isso, algumas empresas irão analisar a sua página do Facebook, suas redes sociais e o que mais puderem, para garantir que você não é um funcionário tentando estragar o esquema deles.

Um estudo feito da Universidade de Minnesota mostrou que farmar ouro é um negócio realmente parecido com o tráfico – com direito a uma cadeira de comando muito bem estruturada.

E quanto eu vou ganhar?

Eu posso ouvir vocês perguntando isso desde o primeiro parágrafo. Calma.

Se você for bom no que faz e trabalhar por 12h ininterruptas, é possível juntar aproximadamente 100.000 de ouro por dia no WoW, o que pode valer em torno de U$80 nas mãos certas.

São 72h por semana, vivendo de pizzas e energéticos.

... ei, com turnos de 12h, quem tem tempo para cozinhar?



Final da história

Nesse labirinto de mercado negro e escravos do governo, a única saída para as empresas foi literalmente se dar por vencidas e jogar o jogo deles. Alguns de vocês já perceberam que muitos jogos online agora permitem que você oficialmente compre ouro ou outros benefícios em troca de dinheiro real. 

O que eu quero dizer com isso é que algumas transações pay-to-win não são motivadas exclusivamente pelo desejo das produtoras em ganhar dinheiro, mas sim por um desespero em não perder um dinheiro que estava escoando por suas mãos, sugado por um mercado negro que nunca vai morrer.

Por anos os mmos lutaram contra a venda de ouro no mercado negro, que representava um desequilíbrio injusto contra quem tem menos dinheiro ou contra quem não quer pagar mais do que deveria. Mas já que é impossível vencer esse mercado, então as empresas decidiram que elas mesmas deveriam lucrar com isso.

.... se não pode vencê-los, junte-se a eles, não?


RPG Games 5715383200298259315

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos

Curso Online