rpgvale
1599924783602205
Loading...

Dicas de Mestre: Conhecendo seus jogadores - O Socializador

Olá visitantes da taverna! Já falamos anteriormente sobre o jogador explorador e sobre o j...


Olá visitantes da taverna!

Já falamos anteriormente sobre o jogador explorador e sobre o jogador assassino que são opostos na mesa, hoje falaremos sobre o jogador Socializador, que pode ser um jogador muito legal para o bem ou muito legal para o mal...

O socializador é o jogador que adora conversar, ele adora falar e ser o centro das atenções mas nem sempre isso é bom para o RPG. Ele é o jogador que possui dois tipos bem definidos: O socializador "fora do jogo" e o socializador "dentro do jogo".

O socializador "dentro do jogo" é aquele que sempre fala através de seu personagem, dificilmente você vê ele falando algo que o personagem dele não diria e quando ele precisa tirar uma dúvida ou falar algo fora de personagem ele sempre levanta a mão ou acena, demonstrando que não está interpretando naquele momento. É um dos jogadores favoritos dos mestres que gostam de criar uma atmosfera de imersão para suas aventuras e o modelo de jogador que melhor funciona nos sistemas Storyteller (Vampiro, Lobisomen, Mago, Changeling, etc.).

Já o socializador "fora do jogo", é o jogador que vem pra mesa de rpg apenas porque ele gosta de estar com seus amigos, não se importando muito com o que acontece dentro do jogo, além de ser sempre o primeiro a lembrar de um acontecimento de fora do jogo, contar uma piada ou dispersar a mesa.

O socializador varia entre os dois modos dependendo de quão bom é o controle do mestre sobre a mesa e quão interessados os outros jogadores estão.

Dialogando com o socializador


Um bom mestre sempre deixará o socializador brilhar no que ele mais gosta de fazer: Conversar. Ao identificar um socializador, procure sempre colocar várias oportunidades de interpretação nas aventuras, enfatize diálogos com npcs dentro de cidades, permita que o socializador consiga se safar na lábia ou na diplomacia em alguns casos (vai por mim, eles tentarão muitas vezes).

Saul Goodman - O melhor advogado do mundo (de acordo com ele mesmo)
Se você for um mestre muito bom em fazer caras e bocas (eu não sou mas conheço alguns excelentes nisso) coloque entonações, sotaques e expressividade nos seus personagens. Os socializadores adoram interagir com pessoas únicas que possuem histórias exóticas contadas de formas diferentes.

Recompense um socializador que está interpretando bem seu personagem com favores de npcs ou pontos de experiência. Se o socializador está rolando muitos testes de diplomacia, ajuste a dificuldade baseado no que ele disser: Uma boa lorota deveria dar um bônus para sua persuasão enquanto um pedido sem noção deveria dar uma penalidade grande.

Permita que o socializador converse fora do jogo também, às vezes ele possui uma notícia que esperou um tempão pra contar pros amigos. Deixe que todos saiam do personagem mas com limites, se você como mestre está querendo criar uma atmosfera de imersão avise aos jogadores sua intenção. Costumo deixar meus jogadores dispersarem nos primeiros 30 minutos antes da sessão de rpg, marco no relógio a hora que iniciaremos a sessão e cessamos a dispersão no horário combinado. Esse tempo costuma ser o suficiente pra todo mundo colocar o assunto em dia, pesquisar regras nos livros, trocar ideias e arrumar seus lugares para começarmos a sessão mas...

O RPG é um jogo social


E como tal deve ser levado numa boa. Não adianta se irritar com o socializador "fora do jogo", ele é um ser humano como qualquer outro e também quer se divertir. Se você souber levar a diversão dele para dentro do jogo ele será um dos principais catalizadores para fazer a aventura andar. Tente se lembrar que diferente do explorador e do assassino, a diversão do socializador está em conversar. Se a sessão foi puro combate ou um mar de descrições do mestre sem interação com o socializador, pode ter certeza que o socializador irá dispersar. 

E se a dispersão ocorrer, mesmo você tentando ao máximo evitar que ela ocorra, saiba aceitar! 

Pergunte ao grupo se eles preferem jogar em outro momento e junte-se à conversa caso eles prefiram. Se eles disserem que querem jogar agora peça a colaboração de todos para que a sessão não fique sendo interrompida com assuntos externos. Em sessões com alto nível de dispersão eu costumo colocar os aventureiros em alguma farra dentro da taverna, assim eles extravasam a vontade de conversar e fazer besteira.


Por fim...


O socializador é quem traz vida para as aventuras, o jogador que mais se entrega pro universo do RPG mas também é o que mais atrapalha o andamento da sessão se ele ficar dispersando.

Espero que esse texto ajude os mestres de plantão a controlar seus socializadores e aos socializadores solitários a não dispersar tanto durante as sessões.

No próximo texto detalharei o último dos quatro jogadores: O Colecionador. Até Lá!
Rpg 5153345781371512554

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos

Crônicas da Magia