rpgvale
1599924783602205
Loading...

Tree of Savior: primeiras impressões

Olá, visitantes da taverna!  Venho hoje apresentar para vocês as minhas impressões sobre Tr...


Olá, visitantes da taverna! 

Venho hoje apresentar para vocês as minhas impressões sobre Tree of Savior, da IMC Games, um jogo que está com uma hype enorme graças aos fãs de Ragnarok.

Devo alertá-los entretanto que não joguei Ragnarok, mesmo tendo assistido a vários de meus amigos jogar, nunca tive vontade de testar. Perdoem se eu disser algo trivial para os conhecedores do gênero ok?


Tree of Savior é um MMORPG e, como tal, possui elementos que o distingue de outros jogos: vários jogadores jogando ao mesmo tempo, interação e competição por recursos em tempo real, níveis de personagem para avançar, mapas a serem explorados, equipamentos e armas poderosas a serem conquistados e missões para serem cumpridas.

O grande diferencial de ToS, entretanto, é justamente seu estilo de gráficos, simples, elegante com câmera fixa no personagem em terceira pessoa num ambiente que lembra muito o Ragnarok. Uma pegada oriental de personagens delicados com armas enormes e golpes destrutivos (grandes números sobem à tela, mostrando como você é forte!)

Dividi minha análise em pontos positivos e negativos e comentarei cada um dos que me chamou a atenção abaixo:


Pontos Positivos
  • User friendly: Esse é um dos jogos mais amigáveis ao jogador que eu joguei nos últimos tempos. A jogabilidade é simples, os comandos são simples, não existem muitas informações para decorar nem muita habilidade para se movimentar. Como diriam: fácil de aprender, difícil de dominar.
  • Multi controladores: É possível jogar com teclado, mouse ou controle e a jogabilidade dos três modos é muito boa, isso significa que num futuro o jogo talvez seja lançado para consoles como Playstation 4 e Xbox One.
  • Relaxante e viciante: Alto nível de "Flow" uma característica de jogos que faz com que o jogador queira sempre estar jogando sem tentar derrotar o jogo nem morrer, jogar é o prazer em si. 
  • Sensação de poder: Os personagens sempre são fortes o suficiente para destruir hordas de monstros em sequência. Constantemente estão derrotando mais de 6 monstros ao mesmo tempo com diversos golpes em área, o que leva o jogador a se sentir muito forte.
  • Gráficos bonitos: É um jogo com estilo de desenho estilizado, não é um Crysis com renderizações perfeitas de paisagens em 3D mas entrega um visual muito bonito que me fez lembrar o jogo Bastion, um dos meus jogos favoritos.


Pontos Negativos
  • Extremamente repetitivo: Basicamente o que tem pra fazer no jogo é passar de nível com seu personagem (upar para os íntimos). As missões ajudam mas não modificam a quantidade de grinding que o jogador tem que fazer para passar de nível. Senti que ainda faltam campos de batalha pvp, raids e objetivos menores para dar um objetivo aos jogadores. Óbvio que o jogo ainda está em beta e podem estar faltando esses elementos no momento, tudo pode mudar daqui até o lançamento.
  • Time consuming: Diferente de League of Legends, que tem uma duração média de 35 minutos por partida, ou de Hearthstone com seus 10 minutos em média, ToS remete aos antigos MMOs hardcore aonde o jogador precisa dispender de muito, muito, muito tempo pra alcançar seus objetivos. Eu joguei 27 horas e cheguei apenas à terceira classe (de seis classes que um personagem pode ter) lembrando que como qualquer RPG, cada nível fica mais difícil e lento de passar que o anterior.
  • Punitivo com jogadores inexperientes: Isso pode parecer contraditório com o fato do jogo ser user friendly mas não é. Personagens devem seguir builds específicas para serem úteis mais pra frente. Como não existe uma sugestão do que construir com seu personagem, jogadores despreparados podem acabar fazendo seus personagens ficarem fracos no final do jogo. Os jogadores mais experientes rapidamente procuram suas builds em fóruns especializados e iniciam a alocação correta de atributos e classes desde o primeiro nível.

Conclusão

Tree of Savior foi um jogo que eu gostei muito de jogar, me divertiu por um bom tempo mas não é o tipo de jogo que eu gostaria de investir meu tempo (além do que eu já investi). Se vocês procuram um MMO hardcore que dará uma sensação de vitória quando terminam de upar seus personagens (500 níveis ao todo) vocês irão adorar Tree of Savior. Se preferem jogos mais casuais e que demandam menos tempo, talvez não seja o jogo para vocês...

Vale lembrar que o jogo ainda está em fase beta e diversas coisas podem ser adicionadas, removidas, arrumadas ou ajustadas até seu lançamento.

Nota final: 8,0 / 10,0 
Tree of Savior 2447599425655026864

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos

Curso Online