rpgvale
1599924783602205
Loading...

Druida Aggro: O novo meta de Hearthstone

Follow @vinzaum E aí, visitantes da taverna! Aqui quem fala é o Vinzaum no meu primeiro p...



Follow @vinzaum

E aí, visitantes da taverna!

Aqui quem fala é o Vinzaum no meu primeiro post do RPG Vale. Trago para vocês hoje o mais novo deck câncer do meta de Hearthstone: O Aggro Druid.

Esse deck foi postado no Reddit pelo usuário Cursed, do time Razor's Edge Gaming, e já está povoando as filas ranqueadas do Hearthstone pela sua incrível capacidade de destruir os decks do meta atual. Eu o testei e consegui incríveis 15-5 (75% de vitória), indo do rank 12 para o rank 7 em 20 partidas - e posso afirmar que é uma das melhores soluções contra paladino segredo e montinho.


Estilo de jogo:

Aggro Druid é um deck agressivo com finalizador combo em uma curva extremamente eficiente de criaturas. Basicamente, você quer aplicar o máximo de pressão possível no começo do jogo tentando manter o controle da mesa e batendo na face do oponente, para então finalizar próximo ao turno 8 ou 9, com o combo do druida (Força da Natureza e Rugido Selvagem). O deck ainda possui muitas cartas eficientes em controle de mesa, como o Druida da Garra e o Druida do Sabre, que podem ser utilizados tanto em sua forma de Investida - para finalizar o oponente - quanto em suas formas Furtivas/Provocar, para criar um corpo a mais na mesa e combar com o Rugido Selvagem.

Cartas-chave do deck:

Aniquilus (Fel Reaver): Essa carta é completamente overpower! Constantemente você baixará ela na mesa no turno 3 (Avivar + Aniquilus). Ela praticamente ganha o jogo sozinha, infligindo quantidades enormes de dano no oponente e forçando ele a fazer trocas ruins para tentar destruí-la. Quanto ao descarte que ela causa, você não precisa se preocupar: simplesmente imagine que as cartas que estão sendo queimadas estavam no fundo do seu deck e você não as veria de qualquer forma.

Cuidado: Contra decks controle que usem o Caçador Profissional o Aniquilus não fará grandes coisas, saiba jogar ao redor dele!

Raízes Vivas: Essa carta é a peça chave para ganhar o início do jogo. Basicamente uma Preparação de Batalha de turno 1. Constantemente ela será responsável por controlar a mesa ao mesmo tempo que adiciona corpos para combar com o Rugido Selvagem. Além disso, ela combina perfeitamente com o seu Malabarista de Facas, criando duas facas arremessadas. Não se esqueça que ela também serve para remover cartas chatas de 2 pontos de vida - ou até mesmo finalizar o oponente com 2 de dano.

Dr. Cabum: O famigerado Cabum, uma das cartas mais fortes, se não a mais forte, do meta atual. Ele é extremamente importante para o deck pela enorme sinergia que possui com suas cartas (Avivar + Cabum = Cabum no turno 5, Cabum = 3 corpos para Rugido Selvagem), Cabum costuma ser um dos finalizadores no final da partida ou um elemento para estabilizar a mesa se você estiver perdendo.

Cuidado: Caçador Profissional também mata o Dr. Cabum.

Mulligans:

Normalmente você quer as cartas de custo 1: Raízes Vivas e Gnomo Leproso. Em seguida vem as cartas de custo 2 de alto valor: Aspirante de Darnassus e Druida do Sabre e por fim Avivar e combos de Avivar (Vulto de Naxxramas, Retalhador Guiado e Aniquilus).

Obs: Por maior que seja a tentação de segurar Aniquilus na mão, não o faça! Normalmente você não precisa dele para ganhar o começo da partida e ele acaba voltando pra mão eventualmente.

Oponentes Específicos:

Guerreiro: Contra Guerreiros, seus Druidas do Sabre e Vultos de Naxxramas são excelentes escolhas. Cuidado com o executar, pois ele pode facilmente eliminar o Aniquilus. Se for guerreiro montinho, tente pressionar o mais cedo possível. Se for guerreiro controle, silencie os Acólitos da Dor dele com seu Guardião do Bosque e veja ele sofrendo para eliminar suas criaturas.

Xamã: Não tenho encontrado muitos Xamãs na fila. Se você encontrar, tome cuidado com Bagata no Aniquilus e só.

Bruxo: Contra Zoo, pressione o máximo que puder o tempo todo. Geralmente suas cartas trocam melhor que as dele e ele terá dificuldades em controlar o campo. Contra Handlock, pressione até o oponente ficar com 14 ou 15 de vida e então se prepare para matar em um turno com Rugido ou Investidas. Se você descer o Handlock para menos de 10 de vida, ele irá baixar 2 Gigantes de Magma com uma Protetora Solfúria - e aí fica muito mais difícil.

Ladino: Também não tenho encontrado muitos ladinos na fila, mas a jogabilidade não é diferente. Faça bastante pressão e tente blefar os Aturdir dele. Se ele utilizar um aturdir no seu Aniquilus seu jogo será muito mais difícil.

Sacerdote: Não achei muito difícil lidar com sacerdotes. Cuidado com o turno 5 (Nova Sagrada) e Palavra Sombria: Morte no seu Aniquilus. Fora isso, é só controlar o campo e finalizar no turno 8 ou 9.

Paladino: Aplique muita pressão no começo do jogo, faça trocas eficientes e use seu poder heroico no Sacrifício Nobre. Seja ganancioso com a Patada, tentando eliminar o máximo de criaturas de uma só vez e finalize com uma grande lapada de Aniquilus. Paladinos não possuem muitas formas de lidar com o Aniquilus além das armas e trocas ineficientes de criaturas.

Observação: Se um paladino usar um Pacificador Aldor no Aniquilus basta você silenciar seu próprio Aniquilus com seu Guardião do Bosque e ver o oponente chorar baixinho.

Mago: Magos são um tanto complicados. Eles conseguem remover suas criaturas com uma certa eficiência e manter a pressão constantemente. Tente fazê-los queimar suas cartas em trocas ruins para então baixar o Aniquilus e ir face.

Caçadores: Caçadores costumam ter muita pressão no começo da partida e então ficar sem cartas do meio pro final. Druidas da Garra e Raízes Vivas são cartas essenciais para o controle de mesa, fora isso, espere até que eles tenham apenas uma ou duas cartas na mão e então jogue o Aniquilus para fazê-los desistir imediatamente!

Obs: Você ainda pode jogar o Aniquilus com Avivar no turno 3, além da Marca do Caçador que quase ninguém está usando, Caçadores não possuem formas eficientes de remover o Aniquilus.

Druida: Druidas Midrange possuem uma vantagem sobre nós: eles controlam melhor a mesa e possuem um final de jogo mais forte que o nosso. Tente aplicar o máximo de pressão e então finalizar com o combo. Se eles controlarem a mesa melhor que a gente, já era! Druidas Aggro possuem o mesmo problema: gastam cartas relativamente rápido. Seja ganancioso com a Patada e tente levar pro mid/late game. Cuidado com o Aniquilus contra druidas Aggro! Tente utilizá-lo apenas quando o oponente estiver com menos cartas que você.

Substituições:

Você pode substituir uma Força da Natureza por um segundo Combatente Selvagem, isso lhe dará maior poder no meio do jogo porém menos chance de comprar o combo finalizador.

Também é possível colocar um Fogo Estelar no lugar de uma Força da Natureza, pois isso lhe dará uma maior maleabilidade nos turnos finais - apesar de não ajudar no combo finalizador Força da Natureza + Rugido Selvagem.

Como qualquer deck Aggro, incluir cartas Tech nele inviabiliza o arquétipo (Gosma Ácida do Pântano, Mística de Kezan, Harrison Jones, etc). Além disso, substituir o Aniquilus é impossível, na verdade substituir o Aniquilus mudaria o estilo de jogo do deck completamente e seria melhor você partir pra um druida Midrange ou Controle/Combo.

Por fim, você também pode substituir o Dr. Cabum pelo Repugnaz para impedir uma magia que limpe o campo no turno anterior ao seu combo. Aviso que essa troca não é a melhor escolha, faça apenas se não tiver o Dr. Cabum.


É isso pessoal, deixem seus comentários e digam o que vocês acharam desse deck extremamente forte! Se tiverem dúvidas eu responderei aos comentários sugerindo estratégias ou modificações para melhor adaptar o deck ao seu estilo.

Boas subidas de rankings!
TCG 3435253580167811554

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos

Curso Online