rpgvale
1599924783602205
Loading...

Desenvolvendo economias para Universos Fantásticos de RPG

Estamos de volta com a nossa série sobre universos fantásticos para RPG e dessa vez falando de...



Estamos de volta com a nossa série sobre universos fantásticos para RPG e dessa vez falando de um assunto muito importante, as economias.  Muitos devem se perguntar mas até aonde elas podem influenciar no seu jogo e posso dizer muito, na verdade quem diz é Edward Castronova um economista que escreveu o livro Synthetic Worlds, que fala exatamente sobre mundos de MMORPGs.


Economia tem relação direta com a análise da produção e consumo dos recursos disponíveis no universo em questão. 

Então relevem o fato de que este universo fantástico que está construindo será habitados por pessoas reais (ou não) e sendo um jogo essa parte da história tem um papel impactante no gameplay, pois os personagens jogadores ou não, irão consumir muitos destes recursos existentes no seu mundo.

Talvez para universos fantásticos da literatura este quesito não precisa ser tão trabalhado, mas novamente como estamos falando de um jogo isso se faz essencial.   Claro que a intenção deste post não é sugerir fórmulas matemáticas complexas para você planejar os seus recursos, mas faça uma tabela e pense em seus valores, como esta do RPG Era Perdida


Pense na Valorização dos Itens


Que tal um toque de realidade à sua economia? Então vamos relacioná-la com os fatores ambientais, geográficos e sociais de cada região. Se em uma região silvestre a madeira existe em excesso em um deserto isto não vai acontecer, o que vai encarecer o preço de itens de madeira como arcos e flechas. 

Agora expanda este pensamento para os outros itens que pensa desenvolver, após repensar as regiões do seu mapa e as condições sociais. Abaixo vai algumas ideias que podem influenciar na valorização dos itens de jogo:

  • Proibição ou inibição de Magia;
  • Região co muitos ou poucos caçadores;
  • Clima (Deserto, Chuvoso, Silvestre, Campina, Apocaliptico, Espacial)
  • Superpopulação ou Metrópole;
  • Raridade;
  • Produção especial (feito por anões, por exemplo);
  • Quantidade de material por região do mapa; 
E assim vai, com certeza o seu universo vai conter uma explicação única para a sua própria economia.  Isso não significa que durante o jogo os players precisarão de calculadoras para descobrir o custo e benefício da compra de itens, mas vai fazer o game world com muito mais sentido. 

Existe também um outro tipo de economia para estes mundos, que Castronova chama de economia divertida. 

"...quando falamos de jogos, não estamos apenas falando de recursos, itens, tesouros e coisas do tipo. Estamos também falando de "diversão", claro! O objetivo principal é a diversão, pois quanto mais divertido for o jogo, mais pessoas o jogarão e mais dinheiro a produtora conseguirá com isso. "

Esta tem a ver com equilibrar recursos como recompensas, propósito de missões, riscos e crimes... mas eu já escrevi sobre isso, então quem quiser se aprofundar vale o clique - http://www.storytellers.com.br/2013/09/economia-divertida-ou-porque-as-pessoas.html



(acompanhe aqui nossa série CUFRPG – Criando Universos Ficcionais para RPG)
MMORPG 3177979441580667412

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos

Curso Online