rpgvale
1599924783602205
Loading...

Em clima de copa do mundo: gamers são atletas

Heya! Eu sempre digo que quem é morto-vivo sempre aparece, então... tcharam! Sei que vocês ...


Heya!

Eu sempre digo que quem é morto-vivo sempre aparece, então... tcharam! Sei que vocês estão curiosos para ler o motivo para um gamer ser atleta como qualquer outro, então, sem enrolações, certo?

Vem comigo decorar e contar para aquela sua tia chata que manda você largar o ps3!


Em julho de 2013, o governo dos Estados Unidos declarou oficialmente que os gamers profissionais - ou seja, pessoas que participam em eventos de "eSporting" são atletas profissionais. Isso significa que essas pessoas ganham vistos (aquela coisa chata que você tem que tirar pra ir pra Disney) para entrar nos EUA.

Ou seja: gamers profissionais agoram sofrem menos burocracia para entrar no país do Tio Sam.


A conquista foi um esforço da Riot Games, criadora de League of Legends, que é nada menos do que o jogo competitivo mais popular no fucking planeta. Nick Allen, gerente de eSports da Riot, disse:

(...) os EUA reconhecem jogadores de LoL como atletas profissionais, permitindo vistos para que eles trabalhem nos EUA enquanto necessário. Agora podemos começar a buscar por jogadores internacionais; é um processo muito mais fácil porque eles são reconhecidos pelo governo dos EUA. Isso é algo grande!

Mas o que isso quer dizer?

As implicações de chamar os gamers de "atletas" vão muito mais além do que comparar um jogador de LoL ao Michael Jordan ou Ronaldinho. Na verdade, quando Allen disse que "isso é algo grande", ele quis dizer GRANDE MESMO!

Esportes existem há milênios, e historicamente sempre colocou as habilidades físicas dos humanos em destaque. Romanos antigos promoviam esportes que envolviam força, disciplina, resistência - e até mesmo a morte. Essas habilidades fazem todo o sentido em uma sociedade dominada pela guerra ou pelo trabalho físico diário - coisa que já podemos afirmar estar se tornando cada vez menos comum.


Não, Wii, mesmo assim nós não vamos gostar de você. Sorry.
Historicamente, esportes envolviam domínio físico, porque essa era a coisa mais importante para a sociedade. Mas, com a nossa evolução de caçadores > coletores > tecnologia digital, o que faz realmente sentido é valorizarmos atividades que vão além da força física pura.

Isso quer dizer que TODOS os gamers são fora de forma? Não. Isso quer dizer que jogar video game não envolve habilidades físicas? Não.

Basicamente, identificar gamers como esportistas representa uma redefinição ("evolução", quem sabe?) do significado do termo "esporte" - e, consequentemente, do que são os esportistas.

"Ah, Thiago, mas o esporte profissional envolve uma coisa mais física! Pensa no futebol, basquete, lutas do MMA! Como comparar os gamers com esses atletas?"

OPA, mas quem disse que esportes são competições físicas?

Xadrez, bocha, poker, boliche... querem mais exemplos? Pois é. Tudo isso aí é considerado "esporte profissional". Dammit, até mesmo COMPETIÇÕES DE SOLETRAR são consideras "esporte"!

Mas, então... como transformamos essas coisas em esporte?

A resposta, padawan, vem em dois tópicos

1 - Nossa habilidade de entender/reconhecer a perícia dessas pessoas.
2 - A existência de gigantes e reconhecidas competições/torneios.

E jogos são tão famosos assim?

Ora, sabemos que a indústria de jogos movimenta mais grana que Hollywood. Mas vendas não representam, necessariamente, popularidade, correto? Talvez. Mas então o que dizer da Major League Games, que reuniu nada menos do que 15 MILHÕES DE ESPECTADORES, que se uniram apenas para assistir gamers jogarem?


O estigma de que esportes DEVEM envolver alguma coisa física possui profundas raízes em todas as culturas e civilizações. Competições eram criadas para prestigiar aqueles que exibiam habilidades que eram essenciais para a sociedade, que naturalmente tinha um foco gigante na capacidade física do ser humano.

Mas em uma era onde a tecnologia influencia tudo - da comunicação até a guerra - faz cada vez mais sentido prestigiar aqueles que possuem a capacidade de manipular e lidar com essa tecnologia. Afinal, estamos entrando em uma época na qual a inteligência e a capacidade de comandar mundos virtuais são mais importantes do que a força e resistência para sobreviver em uma arena.

Não são os gamers que estão se tornando esportistas. 

É a própria definição de esportes que está ganhando um novo e mais importante significado.

Cheers!

jogos 3935595687472075440

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos

Curso Online