Apoie o financiamento de Lost Kids, uma mini-série em quadrinhos nacional



Um pacote misterioso é aberto por cinco adolescentes no meio do corredor escolar, dentro dele apenas uma misteriosa bola brilhante e um bilhete: “Busquem Samarkand”.
Em segundos, uma forte luz toma todo o corredor, consumindo os cinco jovens. Quando a luz recede, todos desapareceram...
É com essa premissa que a mini-série em Quadrinhos “Lost Kids: Buscando Samarkand” começa, com cinco adolescentes sendo misteriosamente transportados do nosso mundo para outro fantástico onde a Magia, a tecnologia Steampunk, Monstros e perigos são lugar comum.
Agora, eles terão que deixar as diferenças de lado para encontrarem uma maneira de voltarem para suas vidas normais. E a única esperança deles é encontrarem a mitológica cidade de Samarkand, berço dos Deors, uma poderosa e extinta civilização que talvez tenha descoberto outros mundos e como navegarem entre eles.

Atualmente em Pré-Venda via o Catarse, a mini-série foi escrita e desenvolvida pelo brasileiro Felipe Cagno à frente de uma equipe internacional de mais de quinze artistas. O lançamento lá fora acontece entre Outubro e Novembro via Comixology mas os brasileiros vão conferir esta aventura antes e em formato de luxo!

Basta visitar a página do projeto no Catarse para adquirir seu exemplar impresso ou em formato PDF. E para todos aqueles que comprarem a versão impressa, a versão digital em PDF é enviada no mesmo dia via e-mail!




Link Catarse: http://catarse.me/pt/LostKids

Página Oficial do Facebook: https://www.facebook.com/lostkidscomic

Algumas curiosidades sobre a produção da Mini-Série “Lost Kids” que levou mais de dois anos para ficar pronta:

- O projeto “Lost Kids: Seeking Samarkand” teve seu início como um roteiro de um longa-metragem para o cinema. Foi somente após um produtor e um roteirista em Hollywood sugerirem o lançamento em outro formato que o projeto finalmente tomou forma como uma mini-série em quadrinhos.

- No ano de 2009, o roteiro cinematográfico foi finalista de várias importantes competições de roteiros nos EUA, sendo extensivamente desenvolvido durante aquele ano e no ano seguinte.

- Foi o DeviantArt que deu asas ao projeto. Foi por ali que o roteirista/produtor Felipe Cagno pôde fazer amizades e parcerias que possibilitaram toda a criação do projeto, enquanto serviu também de plataforma de lançamento.

- O site DeviantArt já premiou o trabalho da equipe em seis ocasiões, escolhendo seis artes emblemáticas como as melhores do site através das Daily Deviations.

- A equipe criativa da Mini-Série é realmente global, além de Felipe, Wilton e Rafael, brasileiros, a equipe conta com dois ilustradores em Iowa nos Estados Unidos, três artistas no México, um em El Salvador, outro de Portugual, um dos coloristas é da Austrália, o outro escocês e completando o time um ilustrador nas Filipinas.

- A mini-série é inteire produzida através da internet, a equipe criativa nunca se conheceu pessoalmente, com exceção dos brasileiros que se conheceram através da Quanta Academia de Artes.


About Ale Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment