rpgvale
1599924783602205
Loading...

PORQUE TORMENTA É MAIS BEM SUCEDIDO QUE O D&D NO BRASIL (Resposta do Bardo @D_DarkWolf)

Fala ae roleplayers, esse semana as terras do Vale se agitaram bastante com a matéria do bár...



Fala ae roleplayers, esse semana as terras do Vale se agitaram bastante com a matéria do bárbaro @O_RPGista e como um bom bardo não poderia de falar um pouco sobre o assunto. Então vamos nos acalmar, ir para uma taverna e falar um pouco mais sobre o assunto, porém de um angulo diferente.

Antes de mais nada, quero falar que não tenho o intuito de provocar ainda mais algum "distúrbio", mas sim expor o meu ponto de vista sobre esse assunto, falando sobre coisas que penso terem sido deixadas de lado e algumas já faladas porém sobre minha perspectiva.

Começando com o D&D...

Apesar de não possuir um número que afirme essa ideia, acredito que o D&D possua mais fãs no Brasil do que Tormenta, não por ser mais antigo ou por ser aclamado até nos confins do mundo, mas pelo fato de possuir um conceito bem elaborado e um conjunto de cenários muito bem estruturados que juntos fazem você querer joga-lo. 

Falando em cenários e um pouco do contraste no Brasil, o acesso a livros traduzidos sempre foi um problema, apesar de que o inglês nos dias de hoje se mostra algo cada vez mais comum e a compra online por sites estrangeiros tem quebrado um pouco dessa barreira. Contudo, um livro em português poderia ajudar a difundir mais os materiais e isso se torna o primeiro ponto onde a Wotc perde um pouco de contato com os roleplayers brasileiros, sendo que logo em seguida temos os preços elevados que dificultam ainda mais o contato com seus livros. 

A situação acima é vivenciada ao longo dos anos desde que tivemos o primeiro acesso ao Dungeons and Dragons, onde entre tantos livros de regras e suplementos, os romances são os menos acessíveis via tradução de alguma editora, se tornando um pouco mais trabalhoso conseguir se aprofundar muito em um desses cenários se formos contar somente com materiais em português.



... e  terminando com Tormenta

A primeira palavra que vem a minha cabeça é CÓPIA, por que de fato os grandes elementos que compõem este RPG partem de outros, desde heróis a deuses, sendo apenas algumas exceções são de origem 100% de seus criadores. Mesmo assim, Tormenta não deixa de ser um bom cenário, sendo que da mesma forma que penso que D&D não é bom apenas por sua fama internacional, as terras  de Arton não  são  divertidas por ser uma moda ou qualquer definição do gênero. A simplicidade do cenário permitiu muitas pessoas ingressarem no RPG e talvez muitos fãs hoje de OUTROS RPGS só os conheceram graças a Tormenta.

O fácil acesso sempre foi um trunfo e  usar de animes e games como referencia fez a sua marca no RPG nacional, mas não sem um preço.  O tempo fez com que Tormenta fica-se no limbo, pois nada mudava em grandes proporções e a ideia de um cenário cômico perdeu sua graça com o  passar dos anos. 



D&D e Tormenta  

Nos últimos anos nosso amigos magos levaram algumas falhas criticas como filmes falhos, descontinuação de cenários como o Eberron, uma edição do D&D que dividiu muito a opinião de  seu público e ainda uma bagunçada em Forgotten Realms com a Praga Mágica, que agora ganhou um norte .Vendo tudo isso, outros rpgs nesse tempo puderam crescer sendo que um deles foi o Tormenta, conseguindo cativar mais fãs.

Entre esses eventos  tivemos algumas mudanças em Tormenta que foram significativas, começando trabalhos como Ledd e algumas livros que mostraram uma mudança no cenário e um amadurecimento em suas histórias, abandonando um pouco a lado “toon” e partido para algo um pouco mais sério, o que fez o cenário progredir.

Este fato fez Tormenta ganhar mais fãs e mudar a visão de alguns rpgistas que antes não se interessavam pelo cenário e suas histórias, mas isso não faz com D&D tenha sido superado, mas um indício de que poderá deixar de ser o RPG número um na cabeça de alguns rpgistas no Brasil. Afinal se tivéssemos um cenário bem estruturado como FR e com um preço médio que as editoras nacionais oferecem hoje, com certeza teríamos um D&d menos atuante . Outro ponto que vale ser questionado neste processo, é o fato de não haver um grande interesse por  parte da própria WotC em atuar de forma mais intensa no Brasil, o que fortalece mais ainda a ideia de um cenário nacional crescer. 

E finalmente...

Vejo que Tormenta poderá vir a se tornar finalmente O RPG de atuação nacional a um nível de igualdade com D&D  dentro do Brasil dependendo  muito do que vier nos próximos anos, mas em que momento algum isso irá fazer Dungeons and Dragons se esquecido.




Um pequeno adendo : Muito bom ver diversas opiniões na matéria anterior , mas respeito aos escritores do blog se mostra algo que também aprecio, portanto peço que participem de nossas matérias, mas não buscando ofender algum membro do RPG Vale, mas sim expondo suas ideias sobre os assuntos discutidos.Porque no final das contas, opiniões deste tipo são como trolls, basta deixar queimando que somem...
Tormenta 3122227463705980453
Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos

Curso Online