rpgvale
1599924783602205
Loading...

Rixty leva ao Game Developers Conference modelo de negócio para as empresas que desejam atuar no Brasil

Graças ao seu promissor mercado de games para computadores, tablets, consoles e outras plataformas...


Graças ao seu promissor mercado de games para computadores, tablets, consoles e outras plataformas, o Brasil tem chamado a atenção de investidores interessados em expandir seus negócios nesta área. Estimado em mais de 45 milhões de jogadores, o segmento está em forte ascensão, mas ainda impõe custos elevados, desafios tributários e culturais aos empreededores que desejam entrar no Pais. Para driblar entraves desta natureza, a Rixty – especializada na venda de créditos para rentabilizar bens digitais – está lançando um conjunto de ofertas especialmente voltado para essas empresas. O Pacote Brasilatende perfis distintos de pequenas, médias ou grandes desenvolvedoras e publishers de jogos e será apresentado aos participantes da Game Developers Conference, evento que acontecerá de 25 a 29 de março, em São Francisco, nos Estados Unidos.
Fundada em 2007, a Rixty é uma plataforma de pagamento alternativo para usuários que queiram adquirir entretenimento digital. Os consumidores podem pagar por itens especiais nos jogos online, por exemplo, adquirindo créditos via cartões de crédito e debito, além de boleto bancário e PIN Codes, que funcionam como os créditos pré-pagos para celulares e estão disponíveis em mais de 680 mil pontos de venda pelo mundo e em mais de 100 mil no Brasil.

“Além de oferecer um sistema seguro de pagamento para jogadores do mundo todo, a Rixty tem investido cada vez mais para trazer jogos internacionais, pois temos observado um interesse crescente de empresas estrangeiras em atuar nos mercados emergentes, principalmente no Brasil”, descreve Dennis Ferreira, diretor Geral da Rixty para o Brasil. “O cenário favorável para o setor de games acaba por ‘maquiar’ um problema que o País insiste em carregar”, afirma o executivo. “Segundo levantamento elaborado pelo Banco Mundial, o Brasil está na 126ª posição em um ranking composto de 183 países. Quanto melhor a posição, menos complicado é fazer negócios no País”, avalia. “Nossa experiência no mercado tem permitido atuar como “facilitadores” em todo o processo", completa ele.

Atualmente, a indústria de jogos eletrônicos é uma das mais rentáveis do mundo, ficando atrás apenas da bélica e da automobilística. Call of Duty, Black Ops II, lançado no final do não passado, por exemplo, atingiu a impressionante cifra de US$ 1 bilhão em vendas, em apenas 15 dias de lançamento. Esses números chamam tanto a atenção, que, a título de curiosidade, representa mais do que os 10 filmes de maior bilheteria arrecadaram juntos em 2012.

No Brasil, os games estão cada vez mais inseridos no cotidiano das pessoas, presentes nas redes sociais, smartphones e até em propagandas. Um dado que ilustra essa realidade é que o País já possui o quarto maior mercado de games do mundo. Em 2011, o setor movimentou R$ 840 milhões e, segundo a consultoria PWC (PricewaterhouseCoopers), crescerá em média 7,1% ao ano e atingirá R$ 44 bilhões até 2016. "Todo esse cenário tem transformado o Brasil no ‘Eldorado’ das empresas de entretenimento digital", afirma Dennis Ferreira.

“No GDC vamos quebrar o paradigma de que é preciso gastar muito dinheiro, de que é necessária muita mídia ou estar preso a contratos leoninos para se realizar bons negócios dentro deste segmento no Brasil”, antecipa o diretor Geral da Rixty.

Para saber mais sobre a Rixty, acesse www.rixty.com.br

Serviço:

Game Developers Conference

Quando: 25 a 29 de março

Onde: São Francisco, nos Estados Unidos

Informações: http://www.gdconf.com
MMORPG 276323248520834960
Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos

Curso Online