rpgvale
1599924783602205
Loading...

Rod Reis, o mago colorista #Dnc

Olha que está por aqui roleplayers, o Decisivo e Crítico , nossa coluna de entrevistas, como anunciado em um passado nem tão distante assi...

rod-reis-decisivo-crítico

Olha que está por aqui roleplayers, o Decisivo e Crítico, nossa coluna de entrevistas, como anunciado em um passado nem tão distante assim.  E, estreiando essa nova temporada de artigos, está o colorista modafuckar +2d10 em habilidades fodásticas: Rod Reis.

Quem acompanha o universo DC com certeza viu seus trabalhos como colorista. Parece que seu clã foi bem visto pelos deuses quadrinhistas, afinal ele é irmão do Ivan reis, outro nome lendário do universo das Hqs. Vamos a ficha formal e depois confiram nossa entrevista completa.

Nome: Rod Reis

Ocupação: Colorista de HQs desde a década de 90,

Histórico: Começou na Editora Trama colorindo Blue Fighter, Mortal Combat, Holy Avenger e seus primeiros trabalhos pra fora do Brasil foram RazorJack e Starship Troopers. O primeiro trabalho para a DC Comics foi na revista do Superman desenhada por Ed Benes e a partir daí foram Supergirl, Infinite Crisis, Teen Titans, Superman(de novo) e agora Aquaman e Nightwing onde é o colorista regular de ambas.

Classe: Mago especialista

Alinhamento: True Neutral

Olá Rod, tudo bem? Agradeço muito sua atenção com a entrevista, acho muito roleplayer que vai se surpreender em saber do teu lado rpgista e, na verdade, gostaríamos de falar mais dele pra galera. Antes de tudo se você fizesse uma ficha de personagem da tua vida, quais os principais pontos estariam nela? (como seu alinhamento)

  • R: Acho q meu alinhamento seria True Neutral e na minha ficha o atributo principal seria sabedoria. Me identifico bastante com magos especialistas em alguma área porque é assim que eu sou, escolho uma area e estudo bastante ela.

Gostaria de saber o que levou a se tornar um colorista? Era algum hoobye antigo, já fazia algo relacionado ou realmente foi construindo seu caminho profissional até isso, comprando pontos de perícia?

  •  R: Eu sempre gostei de quadrinhos e queria trabalhar com isso de alguma forma. No começo eu desenhava mas com o tempo a colorização tomou lugar e ganhou importância.

Na Trama você teve a oportunidade de trabalhar com o Holy Avenger, uma das obras mais lembrados do universo rpgista. Você já acompanhava o mercado roleplayer, antes disso ou isso teve um impacto pra se tornar um jogador?

  • R: Já me interessava em RPG antes de trabalhar na Holy Avenger mas o legal foi me aproximar mais do pessoal q hoje faz parte do meu grupo de RPG e são grandes amigos.

rod reis

Ok, e como foi essa fase Holy Avenger, o que mais marcou disso no seu trabalho?

  • R: Foi legal fazer esse trabalho porque foi um dos primeiros da minha carreira e foi algo bem diferente do que eu iria fazer mais pra frente.

algum personagem de Holy Avenger que você curta mais ou classe que gostava de jogar ?

  • R: Gosto do Sandro mas sempre gostei de jogar com Paladinos.

Ahm sim, antes que eu me esqueça, você conviveu com o Cassaro? Ele realmente é casca grossa, porque pelas fotos parece que não!

  • R: O Cassaro é um dos caras mais legais e gente boa do Mercado, é só não mexer com ele…

Do mercado rpgista brasileiro para o Grimgo, você acabou trabalhando com o Dungeons and Dragons:Legend of Huma. Era sua intenção, mesmo, focar em trabalhos ligados ao rpg ou foi inverso - os produtores que estavam ligados no que você estava produzindo ?

  • R: Foi pura coincidência

E sua história com o Role Playing Game, como foi sua iniciação rpgista?

  • R: Eu comecei a jogar no final do Ad&d, quando ia virar d&d Terceira edição. Até hoje d&d/ Pathfinder é o principal sistema que eu jogo, mas gosto de RPGs de ficção científica também.

rod reis 2

O mercado rpgista é bem peculiar as vezes... como você enxerga o atual momento do rpg nacional e a diferença com o internacional?

  • R: Eu acho que o Mercado nacional cresceu bastante desde aquela época, principalmente por causa das iniciativas independentes e dos jogos indie. Essa tendência também se faz presente lá fora e quando os autoras não se vêm presos as grandes empresas para esperar oportunidades e ao invés disso eles criam a própria oportunidade, o Mercado só cresce.

Qual você considera o melhor título rpgista, aqui e fora do Brasil?

  • R: Estou na fase de jogar muito FIASCO RPG e RPGs de narrativa compartilhada…

O que você faz hoje em dia e o que gostaria de fazer relacionado ao rpg ?

  • R: Hoje o trabalho com quadrinhos está tomando todo o meu tempo e acabo jogando bem menos do q eu gostaria, mas sempre rola algo relacionado com RPG lá na Jambô Editora onde eu já fiz algumas capas.

Infelizmente (pra não me estender muito) a entrevista está acabando, quer deixar algum recado pra galera do rpg?

  • R: RPG é um hobbie saudável que infelizmente fica difícil de manter por causa da correria do dia a dia mas vale muito a pena lutar para não se perder isso. Encontrar os amigos para contar uma estória e se divertir é o mais legal.

É isso aí, pra completar vejam o trabalho apelão que o Rod fez aqui embaixo (além das outras illustras do post). Visitem seu blog pra sacar mais. http://mundorod.com.br/

Wolverine_by_RodReis

Entrevistas 3106912154040714774
Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos