rpgvale
1599924783602205
Loading...

Do Fundo do Baú #24 - As Crônicas de Dragonlance

Saudações Roleplayers, sejam todos bem vindos ao nosso baú de velharias! Hoje lhes trago uma ótima lembrança, se não uma das melhores c...



Saudações Roleplayers, sejam todos bem vindos ao nosso baú de velharias! Hoje lhes trago uma ótima lembrança, se não uma das melhores criações da década de 80. Quem acompanha esta minha coluna deve pensar que eu seja um velho chato e desgostoso da vida que vive remoendo o passado, besteira, nem sou tão velho assim, mas gosto de olhar para traz e ver quanta coisa boa vivenciamos e de certa forma marcou nossa infância. 
Tenho certeza que o que trago hoje é de conhecimento de todos, mas caso você RPGista desconheça este belo romance, aconselho a terminar de ler este post, largar os dados e e fichas de seus personagens e ir correndo comprar estes livros, porque sem sombra de duvidas a trilogia ambientada  no cenário de Dragonlance ira lhe agradar.  




# As Crônicas de Dragonlance:

Informações Técnicas

As Crônicas de Dragonlance surgiram em 1984, criadas em parceria entre Margaret Weis e Tracy Hickman e publicadas pela Tactical Studies Rules Inc (vulgo TSR), o sucesso dos romances tem como pilar esta primeira trilogia que cativou a todos, sejam os já conhecedores do RPG, ou os amantes da literatura fantástica. O romance de Dragonlance foi tão bem aceito pelos RPGistas que rendeu dezenas de outros títulos, continuações da trama ambientada no Reino de Krynn, mini aventuras, miniaturas dos personagens, e até uma animação que infelizmente não fez jus á grandiosidade dos romances.
A trama é divida em três livros, tendo a seguinte cronologia: Livro 1 - Dragões do Crepúsculo do Outono; Livro 2 - Dragões da Noite do Inverno; Livro 3 - Dragões da Alvorada da Primavera. Com o passar do tempo a TSR foi integrada pela gigante Wizard of Tthe Coast que permitiu que a Devir fizesse uma tradução do romance, e até hoje podemos encontrar esses títulos na loja da Devir.

Os Personagens

Tantalas Kanan, um meio-elfo mais conhecido como Tanis que vive o pre-conceito de não pertencer a nenhuma das raças, é um líder nato e um exímio arqueiro, esta sempre disposto a carregar todos os problemas sozinho e ainda possui o coração dividido entre dois amores; 

Flint Forjardente, um anão, que praticamente criou Tanis e o tem como melhor amigo, não gosta de brincadeiras principalmente as feitas pelo Tas; 

Tasslehoff Pés Ligeiros, o Kender (equivalente a um Hobbit), totalmente imune ao medo, para os íntimos Tas é conhecido por ter as "mãos leves", é o personagem mais engraçado da trama, se não o mais cativante, vive deixando Flint irritado com suas brincadeiras, ao longo da história o pequeno Kender ira surpreender a todos; 

Sturm Montante Luzente, é a representação máxima do que há de bom e honrado no mundo, um verdadeiro Paladino, Sturm é um Cavaleiro da Ordem de Solamnia, possui toda uma formação militar, e fará de tudo para manter o grupo vivo, mesmo que custe sua vida; 

Caramon Majere, pouco inteligente, Caramon vive a sombra de Raist seu irmão mago, porem possui uma incrível habilidade com armas, Caramon passou a dedicar sua vida em cuidar do irmão que após um misterioso teste na ordem dos magos, contraiu uma doença incurável.

Raistlin Majere, é o mago do grupo, e como todo mago é a representação máxima do poder, sempre que Tanis se encontra em duvida de algo é com o Raist que busca conselho, mesmo sendo muito jovem, o grande mago possui um conhecimento gigantesco, e este conhecimento somado ao pode de Raist faz com que todos o temam, inclusive seu irmão Caramon, porem este poder que adquiriu teve um preço alto, sua vida esta sempre por um fio, e portanto sempre conta com a ajuda do irmão guerreiro. 

Lua Dourada, uma mulher bárbara líder da tribo Que-Shu, portadora do misterioso cajado, Lua Dourada possui uma personalidade forte, é bela e encantadora, forte e muito humilde, vive pelo bem de sua tribo e por amor a seu parceiro Vendaval. Sua chegada a taberna desencadeia toda a trama da trilogia. 

Vendaval, é o amante de Lua Dourada, um verdadeiro guerreiro e a pessoa responsável por ter encontrado o cajado. Tão forte quanto Caramon, pode-se dizer que seu coração é idêntico a sua força, e ele não mede esforços para proteger sua amada, o amor existente entre Vendaval e Lua Dourada é um dos combustíveis que traz esperança e força ao grupo.

História

Como todo bom RPG, a história tem seu inicio dentro de uma taberna com a reunião do grupo liderado por Tanis o meio elfo, após cinco anos separados em busca de vestígios dos deuses antigos eles retornaram para compartilhar suas frustrações. Durante o tempo de estadia na taberna, eles recebem um sinal em forma de uma velha lenda cantada pela voz de uma mulher bárbara chamada Lua Dourada, esta portava um cajado misterioso e estava acompanhada de seu protetor o bárbaro conhecido como Vendaval, o cajado provou ser mágico e acabou chamando a atenção dos draconianos, o grupo de Tanis já estava insatisfeito com a tirania imposta pelos novos senhores de Solace, resolveram ajudar na fuga do casal. Sem perceberem, eles já estavam sendo caçados e tidos como inimigos de todos, e se juntaram ao casal de bárbaros para desvendarem o mistério do cajado, uma pequena esperança para combater o grande mal que esta por renascer a Rainha das Trevas.        


E o que tem o RPG com isso?!

Obviamente tudo! As Crônicas de Dragonlance é um romance baseado totalmente nas aventuras épicas RPGistas, ambientadas no cenário de Dragonlance de D&D. Dizer que uma coisa não tem nada a ver com a outra é burrice. Cada página dos livros, cada ação dos personagens, e cada detalhe descrito é puro RPG. Então podem se preparar para ler sobre dragões, deuses antigos, cavaleiros, arqueiros, e muita magia dentro de um cenário fantástico.

Considerações Finais

Mesmo tendo lido todas a trilogia (acredito ter lido mais de 3 vezes) eu irei me abster de falar mais sobre a história, spoilers dificilmente são bem vindos, mas posso garantir que é uma coleção digna da sua atenção, recomendadíssimo. As Crônicas de Dragonlance já foram comparadas ate mesmo a grandiosidade das obras de Tolkien, é obvio que não chega a tanto, afinal de contas esse romance surgiu com a popularidade de D&D que por sua vez nasceu baseado nos contos do grande mestre da Terra Média. 
Os personagens são bem elaborados, cada qual com sua personalidade, cativante e apaixonante, a história tem seus momentos de grande emoção, sejam eles felizes ou tristes, e com certeza ira prender sua atenção.  
Espero que tenham gostado da dica, se não leram ainda não percam tempo, se já conhecem a trama deixem aqui seu comentário, quem sabe estimule mais pessoas a conhecerem as terras de Krynn.

Abraços.
Livros 430366970986083390
Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos