Dando fim ao apocalipse rpgista (o fim do roleplay) #DnC 35

decisivo-e-crítico_ano2

Estou vivo e postando… isso significa apenas uma coisa: O rpg não morreu – podem acreditar, não morreu mesmo.  Isso contraria totalmente o discurso que rolou na web algumas semanas atrás, mais exatamente no famigerado fórum da Spell [link]

Um post sem noção nenhuma, afinal a Rede RPG é definitivamente um grande site pra história do rpg nacional, independente do que aconteceu ou deixou de acontecer por trás dos servidores há anos os caras estão ali ensinando nossa arte para novos jogadores, porém eles ou qualquer outro site não podem ser equiparados com o próprio rpg em si.

Um site caiu (ou não), mas ao mesmo tempo dezenas de outros se levantam. A cada dia novos bloggers/rpgistas com cara de pau +2 surgem de todos os cantos e grupos.  Muitos deles tem um público pequeno, mas o que importa é a soma de todos os leitores.

Dragon Age: Player's Guide

Vejam também as editoras indies nascerem e lançarem muitos títulos – não vou questionar a forma que alguns deles lançam, mas estão na batalha.

Talvez nosso game demore ou nunca seja massivo, mas isso não significa nada, há anos que ele se mantem do jeito atual, até meu humilde blog vem crescendo de público e proporção a cada ano.

Agora quando outra discussão surgir falando a mesma coisa dê logo um vorpal nessa galera porque eu(blogger), você (leitor) e os produtores da nova década são uma prova de que o apocalipse rpgista é mais uma história escrita por um bom mestre que acabou convencendo o seu pequeno grupo.

Share on Google Plus

About Ale Santos

Storyteller, escritor de SCIFI,  Dark Fantasy e Designer de Narrativas para Board Games.  Um dos autores da Storytellers Brand'nFiction.  Editor do premiado blog RPG Vale, conhecido como @O_RPGista 
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 disqus:

Postar um comentário