rpgvale
1599924783602205
Loading...

Canções da Meia-Noite #45 Pensamentos na Floresta

Saudações destemidos leitores a mais um dia de boas histórias em nossa taverna e preparam-se,pois hoje teremos uma jornada curta, no enta...


Saudações destemidos leitores a mais um dia de boas histórias em nossa taverna e preparam-se,pois hoje teremos uma jornada curta, no entanto um bom bardo não precisa de muitas linhas para ganhar uma boa quantia de moedas de ouro.Quem nós traz hoje suas aventuras é Hugo Castro (@KohakoorKamou), que participou de nossa última edição da Canções e hoje vem narrando uma brava luta que jovens elfos travaram e um trágico fim que se abateu sobre alguns desta majestosa raça.





























Pensamentos na Floresta
Uma floresta. Como qualquer uma, cheia de altas arvores, pedras com musgos e também cheia de vida. A única coisa que a destacava naquele momento, é que os elfos costumavam a caminhar por ela. Um grupo de elfos guerreiros caminhava, eram seis elfos, todos vestidos com armaduras douradas e com espadas e arcos reluzentes, que brilhavam mais intensamente quando o sol passava pelas falhas entre as folhas das altas arvores e encontravam com as espadas e arcos. Logo, um grupo de orcs e goblins aparece para atacá-los. Era uma emboscada. Eram no total, 32 orcs e goblins, misturados entre eles. Eles corriam com suas armaduras negras e suas espadas curtas e pesadas para atacar os elfos, porém, os elfos foram bem treinados e instantaneamente tiraram as suas armas e prepararam seu primeiro ataque. Os três elfos que estavam armados com arcos e flechas, atiraram três flechas seguidas nas direções dos orcs, matando oito orcs. Logo em seguida, os três elfos correram por entre os arqueiros e pularam na direção dos inimigos, caindo com suas espadas nas cabeças dos orcs e goblins. Sobravam apenas vinte e um inimigos. Os arqueiros continuaram a atirar cuidadosamente nos inimigos para não acertar nenhum de seus amigos.

Quando, de repente, um orc escondido nas alturas das arvores pula em cima de um dos arqueiros, o acertando a espada nas costa e o matando na hora. Com um de seus companheiros perdidos, os elfos começaram a atacar bravamente, Sobravam apenas oito orcs e goblins, quando uma rajada de flechas negras atinge todos os elfos e os mata. Menos um, que foi mais rápido e se escondeu debaixo de um dos cadáveres dos orcs, se protegendo da mortífera chuva de flechas negras. Quando ele volta a si, percebe que todos os seus companheiros estavam mortos, menos ele, e o que um elfo sozinho poderia fazer conta uma horda de goblins? Ai ele me lembro de um antigo tabu dos elfos, uma magia proibida, pois depois de usá-la, o individuo era condenado a uma vida de sofrimento no mundo dos mortais, como um humano. Mas ele lembra que logo ali atrás estava sua pequena vila, cheia de mulheres e crianças, então a coragem e também tolice tomou as rédeas de seu corpo e então estava feito. O elfo enfiou sua mão dentro de seu próprio peito, arrancando sua energia de imortal, que parecia mais que ele carregava um sol na sua mão, então ele aponta para a direção do inimigo e grita “Morte Celestial” esmagando sua energia com a mão e criando uma devastadora onda de choque dourada que destrói tudo em sua frente em um raio de um quilometro, destruindo tudo e todos em sua frente. Depois de alguns segundo, ele olha para cima e vê um grande raio azul caindo sobre seu corpo e o evaporando na hora. Ele quebrou o tabu para salvar todos, e agora ele ira encarnar uma vida mortal e sofrer pelo bem que fez.
Contos 5263785655549209222
Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos