rpgvale
1599924783602205
Loading...

Se tornando um herói em jogos (ou não)

Olá, aventureiros! Hoje vamos falar de mmo's e games, savvy? Ou melhor.. vamos falar do motherfuckin' caminho entre ser um total d...


Olá, aventureiros!

Hoje vamos falar de mmo's e games, savvy? Ou melhor.. vamos falar do motherfuckin' caminho entre ser um total desconhecido numa conta trial de WoW e virar o cara mais importante da Terra Média em LoTR Online. Ou Fable 3... Allods.. GC, Ragnarok, enfim... você entendeu.

Conhece o caminho? Não? Então ponha de lado o Gollum dentro de você e vem comigo!


Bem-vindo, aventureiro! Me disseram que eu posso confiar em você. Estaria disposto a me ajudar? Terríveis criaturas invadiram a minha terra e não há nenhum mercenário disposto a enfrentá-las. Oh, por favor, me ajude! Vá para as "Colinas Pula-pula" e mate 34 "Coelhos Sorridentes". Ah, e traga os "Olhos arrancados do Coelho Sorridente" como prova do seu sucesso, certo? Em troca, lhe darei 34 peças de cobre!
Já passou por uma situação parecida em algum mmo? Bom, vou te dar uma dica...



Isso mesmo, Lord of the Rings Online!

Agora pegue um "herói" na vida real...

Imagine que você está andando na rua do seu bairro e, de repente, UM PRÉDIO DESABA! Você assiste, quase em câmera lenta, escombros e toneladas de vigas de metal e cimento caindo justamente aonde uma mão passa com um carrinho de bebê. Ela, lenta demais, tropeça e cai durante a corrida, deixando seu corpo e o do bebê prestes a serem esmagados pelo monstro que desaba.

Mas aí entra você! Seu corpo esquenta e seus reflexos aumentam a medida em que o sangue corre mais rápido pelo seu corpo, preparando você para o perigo eminente. Sem pensar duas vezes, você salta até o local e, como um raio, resgata mãe e bebê antes que eles fossem enterrados vivos pelo prédio, que agora não é mais visível sob a névoa de poeira que se formou ali.

TCHARAM, VOCÊ É UM HERÓI!

Bom, pelo menos é assim que deveria ser.

Outra coisa que não faz sentido? Cidades!




Cidadão: Bem-vindo a Townsville!
Herói: Bela cidade essa...
Cidadão: Sim! Temos lojas de armas, poções e um templo e... bom, é só.
Herói: E só isso sustenta a economia da cidade? Não estão todos desempregados?
Cidadão: Bom... eu realmente não.. bom.. eu não sei. Acho que estamos ok.
Herói: E vocês não são atacados por monstrops? Saqueadores?
Cidadão: Nah, não tem nada disso aqui.
Herói: Mas.. lá fora, cada dois passos que eu dava vinha um monstro! Eles estão em toda a parte!
Cidadão: Bom... nós temos uma cerca. A madeira daqui é muito boa.
Herói: CLARO! Pra que magias e espadas? Eu deveria andar por aí com uma cerca de madeira, isso resolve tudo...
Cidadão: Acho que sim. Também demos o nome daqui de "safety-zone". Sempre funciona.
Herói: *vai embora*

Fable 3, alguém? Pois é.

É engraçado ver como jogos diferem da vida real e como até mesmo jogos sérios, podem se tornar uma coisa um tanto quanto cômica se pararmos pra pensar em pouco. Na grande maioria das vezes, na correria para "upar", não paramos pra pensar na jornada do nosso herói e em como as coisas podem ser realmente forçadas no começo de cada jogo.

Claro, não falo isso de maneira negativa. Eu pessoalmente não tenho nada contra e acho muito engraçado ver um anão vestindo uma armadura completa, matando coelhinhos com um machado de duas mãos enormes. E isso não se aplica a qualquer jogo, no DDO por exemplo começamos matando... esqueletos e goblins e... ok, deixa pra lá.

Esqueletos e goblins são os coelhinhos do D&D. 

...

E não venham me falar em kobolds!

E vocês? Tem alguma coisa a acrescentar na lista de coisas sérias/cômicas nos jogos? Deixe a sua opinião!

See ya!
jogos 2623026633156684461

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos