rpgvale
1599924783602205
Loading...

ROLEPLAY E SÉTIMA ARTE 2: A UNIÃO QUE AJUDA OS JOGADORES!

 Estou de volta para continuar discutindo como é legal podemos comparar partidas de RPG e filmes,dessa vez  adotando  a perspectiva d...


 Estou de volta para continuar discutindo como é legal podemos comparar partidas de RPG e filmes,dessa vez  adotando  a perspectiva dos jogadores.Existem inúmeros personagens de peso no cinema que nos impactaram , nem sempre por conta de grandes atuações, mas em sua  maioria sim!Feitos por pessoas apaixonadas pela arte de atuar.
Será que ao jogarmos demonstramos a mesma paixão?Aí vocês vão dizer : "Caramba esse cara gosta de romantizar tudo!Isso é só um jogo!",concordo em parte com esse argumento porém enxergo também a interpretacão de papéis como algo de grande importância!
Agora me digam que mesmo em jogos mais simples como em Paranóia não foi divertido exercitar nossa veia cômica ou em Vampiro nossa veia dramática,e ninguém por favor venha me dizer que não é necessária atuação convincente pra aventuras de swashbucklers ou fantasia medieval ok?Qual o personagem mais marcante que já criamos?
 Qual foi a nossa responsabilidade em criá-lo e principalmente dar-lhe vida?Soubemos transformar todas aquelas informações numéricas e bolinhas numa ficha em uma criatura verossímil,com personalidade?Ou criamos apenas um personagem prático feito apenas pra nos divertir ou pra socar a fuça de meia dúzia de
orcs ou sair atirando em um bando de NPC´s?
  Claro que ninguém pode ser condenado por criar personagens sem tanto apelo interpretativo,sejam bárbaros brutos, andróides exterminadores ou espartanos brigões(foi mal heim RPGista?).Eles também são divertidos e dinâmicos basta sabermos que mesmo nesses personagens estilo "hack-and-slash", existe conteúdo!(Alguém pensou no Coronel Nascimento?)
 Todos sabem que dentro de cada Hulk existe um Bruce Banner!Mesmo Conan precisa de argumentos pra se tornar rei e pegar umas raparigas!Tadinho do pobre mago inteligentíssimo e sem músculos sem um companheiro um pouco mais ignorante!Tadinho do Harry sem o Hagrid,tadinho do Han sem o Chewie,tadinho do Gandalf sem meia dúzia de hobbits-sem-noção!O legal do RPG em seus variados arquétipos é que permite que desenvolvamos grupos dinâmicos muitíssimo interessantes e com aquele tempero próprio de cada jogador,que invariavelmente põe sempre um pouco de si mesmos nas suas milhares de personagens!

 Estamos numa época muito propícia para nos inspirarmos.O cinema está cheio de possibilidades interessantes para podemos "pescar' características para nossos queridos avatares de uma tarde!Não é vergonha nenhuma que  seu monge ande igual ao pirata bêbado acima,ou que seu Toreador seja um playboy genial e teimoso como o Sr.Stark.Vamos nos divertir sempre e mandar ver!Que a Força esteja com vocês e vida longa e próspera!
Dicas de mestre 3656652985521500460

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos