rpgvale
1599924783602205
Loading...

Decisivo e Crítico #13 Terror no cinema, que horror...

Quando falamos de terror, a primeira coisa que nos vem a mente é muito sangue e ossos quebrados em salas de torturas sujas. Bem pelo menos ...


Quando falamos de terror, a primeira coisa que nos vem a mente é muito sangue e ossos quebrados em salas de torturas sujas. Bem pelo menos é essa a imagem que Holywood adotou recentemente para o gênero de Terror, mas nem sempre foi assim.

O maior problema dessa nova geração de terror sanguinolento é que ela raramente desenvolve um roteiro bacana com uma história envolvente e que cause verdadeiro medo.
Ao invés disso vemos muitas cenas de sexo e mutilação, que causa mais uma reação de angústia do que de horror.

Quando assistimos alguém cortando as tripas de uma pessoa, nosso cérebro deve identificar e imaginar como seria essa ação, aí ficamos com esse medo angustiante, o que é algo muito natural. Até que é legal, vez em quando, assistir algumas coisas do tipo, mas convenhamos que filmar mais de 4 “Jogos mortais” é apelação de mais. O pior é que essa coisa vende, não imagino que tipo de pessoa idiota deva adorar tanto essa série, mas graças a esse tipo de gente estamos tendo cada vez mais filmes com sangue e menos com roteiros.
É inacreditavel, o fato de que esse moda de sangue e osso chega ao limite de produções como “O Albergue 2”, sem proposição, sem justificativa... sem nada além de cenas com peitos e hemoglobina.

Não posso deixar de falar de filmes que fogem desse estereótipo, como o (badalado) “Atividade Paranormal”, que ganhou destaque justamente pela produção feita com muito baixo custo aonde tiveram que apelar para técnicas de filmagens e para a surpresa na história, as ferramentas preferidas do mestre Hitchcock.

Agora parece que os seriados de terror passam por um momento distinto, talvez pelo simples fato de que um seriado depende de uma continuação atrás da outra para manter um rítimo interessante. Temos como exemplo o Supernatural, Dexter e X-files que são exemplos fantásticos de como construir uma história de horror. Mas será que no cinema esse gênero tem futuro?
decisivo e crítico 1749886713955933910

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos