Criando nomes interessantes



Criar personagens nem sempre é algo fácil. Você pensa na história, imagina suas roupas, armas e habilidades, mas na hora do nome dá aquele branco. 
Calma isso é bem natural, acontece e já aconteceu com a maioria dos rpgistas de plantão e o problema, muitas vezes, pode estar no início do seu processo criativo.
Quando concebemos um personagem, de uma certa forma buscamos referências, mas não nos aprofundamos para pensar em seu nome. As vezes você gosta mais do estilo medieval com baixa fantasia, então pode seguir uma linha das Cruzadas e entender a origem dos nomes de guerreiros e reis como Ricardo Coração de Leão ou o Barba Roxa, que era um dos seus principais aliados. Os nomes europeus da época tinham sua proposição e seus signficados... principalmente de reis e nobres.

Há também aquelas situações em que o nome escolhido tem ligação com a origem ou a atividade que o personagem trabalha. Oliveira ou Oliver é um nome que diz respeito a quem trabalhava com azeite. Rocha era o nome dado aos que trabalhavam na pedreira e Silva (latim) eram pessoas que viviam na selva.

Se pesquisarmos as palavras em latim, grego ou outros idiomas podemos formar vários nomes interessantes com relação a história do personagem. Aí voltamos ao ponto inicial da matéria, o início do processo: Na hora e pensar em suas referências se aprofunde também nas raízes da língua, para poder criar nomes tanto para o seu personagem, quanto para suas armas, animais e etc.

Isso tudo não será trabalho algum se você der as devidas atenções a esses pequenos detalhes, que podem fazer um personagem ser bem mais divertido.

Share on Google Plus

About Ale Santos

Storyteller, escritor de SCIFI,  Dark Fantasy e Designer de Narrativas para Board Games.  Um dos autores da Storytellers Brand'nFiction.  Editor do premiado blog RPG Vale, conhecido como @O_RPGista 
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 disqus:

Postar um comentário