rpgvale
1599924783602205
Loading...

Além de uma simples Ficção Científica #Parte 3 A Ficção Moderna

Bem todos os conceitos que temos de sci-fi modernos não são tõ modernos assim, pelo menos na sua essência. A questão é que no século XX vá...


Bem todos os conceitos que temos de sci-fi modernos não são tõ modernos assim, pelo menos na sua essência.

A questão é que no século XX várias tecnologias já haviam evoluido bastante e a ciência não estava mais apenas imaginando, mas experimentando muita que não concebiam antes.
Em meio a este cenário surgiu um grupo de novos escritores, conhecidos como "Futurians". Estes eram compostos por vários autores como Damon Knight , Donald A. Wollheim , Frederik Pohl , James Blish , Judith Merril e outros e tinham bastante influência política. O Grupo recebeu várias denominações e foi dirigido por vários cientistas mas sua origem, realmente, foi na cidade de Nova York.

Houve uma época que tinham uma forte tendência para o comunismo, incluindo umdo seu líderes ,Donald A. Wollheim, que havia aderido ao partido. Essas características podem ser percebidas em algumas histórias. Donald, por exemplo, acreditava que um seguidor da ficção"deve trabalhar ativamente para a realização do mundo científico-estado como o verdadeiro única justificação para as suas actividades e existência".

Dentre esse grupo (particularmente) merece um destaque especial para o Isaac Asimov, aquele do primeiro post, mas como já existe um Nerdcast perfeito sobre ele vamos pular o assunto.
Também surgiu na Gra-Bretanha um gruipo chamado "New Wave" na década de 70 e caracteriza-se por um elevado grau de experimentação, tanto na forma quanto no conteúdo, além de uma elevada sensibilidade artística.



Star trek já havia sido lançado, mas não alncançou a atenção necessária para ser um sucesso. Isso se deu após a exportação da série para outros países, o que gerou uma febre sobre o mundo em volta da Enterprise. As convenções geradas em torno desta obra originaram os encontros nerds de hoje em dia.

Nos anos de 1980 alguns autores se afastaram do otimismo empregados em todas as histórias e começou a partir para o que chamamos de Cyberpunk e logo a ficção científica evoluiu para a "space opera", se concentrando mais na história e personagem que em rigor científico. Isso se deve ao clássico Star Wars. Nessa época as questões ambientais, corrida espacial e procura de vida extra-terrena já eram bem difundidas na sociedade e isso também repercutiu na ficção.
Hoje em dia a Sci-Fi allém de apresentar críticas de desenvolvimento e tecnologias do futuro, ela também produz inovação e novas tecnologias, inspirando novos pesquisadores.
Bom o papo está excelente, mas ainda falta a última parte da matéria que fala dos subgeneros da ficção científica e a gente confere semana que vem, até lá.
SCIFI 5314894000555421077

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos