Jogando até a morte, do filho.


Um casal sul-coreano foi detido pela polícia por ter deixado sua filha de apenas três meses morrer de fome enquanto jogava "Second Life" em lan houses. 
Segundo o tabloide britânico "The Sun", Kim Yoo-chul e Choi Mi-sun ficavam até 12 horas consecutivas usando o aplicativo e deixavam o bebê sozinho em casa.
Autoridades coreanas disseram que os dois ficaram obcecados pelo jogo e tinham até um filho no mundo virtual com o qual passavam mais tempo do que com a criança de verdade. Os dois descobriram a morte da criança após voltarem para casa.

"Descobrimos que ela tinha morrido quando acordamos", disse o casal, em setembro do ano passado. Assim que a polícia descobriu que a criança morreu por negligência, os dois fugiram e só foram achados na última quarta-feira.

Fonte: Sidney Rezende
Share on Google Plus

About Ale Santos

Storyteller, escritor de SCIFI,  Dark Fantasy e Designer de Narrativas para Board Games.  Um dos autores da Storytellers Brand'nFiction.  Editor do premiado blog RPG Vale, conhecido como @O_RPGista 
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 disqus: