Dark Prince: A verdadeira história de Drácula

Príncipe das Trevas: A Verdadeira História de Drácula conta a história de Vlad Dracula , o personagem histórico que serviu de inspiração a Bram Stoker 's em sua obra prima sobre o vampiro Drácula.



Filmado nas históricas locações da Transilvânia na Romênia, este filme com espetaculares cenas de combate nos apresenta a verdadeira história de Vlad Dracula (Rudolf Martin), filho do Príncipe Vlad que através da famosa obra de Bram Stoker, ficou conhecido como Drácula, um vampiro sugador de sangue condenado a viver nas trevas e à vida eterna que temia espelhos e abominava religiões. Vlad foi um guerreiro que lutava para trazer a paz e a justiça a sua conturbada terra natal onde reinava a superstição e o medo. Alguns o viam como herói, outros como um monstro, o próprio anti-cristo. Fazendo justiça com as próprias mãos, ele matava brutalmente seus inimigos enquanto Lidia (Jane March), seu grande amor, era assombrada pelos gritos das pessoas por ele assassinadas. Esta é uma história assustadora de sangue, terror, justiça e amor eterno, a verdadeira história. O filme foi lançado no ano de 2000 junto com a versão  trash "Drácula 2000"

Particularmente eu gostei e muito, não tinha conhecido uma bordagem tão realista sobre o personagem como neste filme. A produção também foi bem bacana, e dá para entender vários dos mitos criados em torno de vampiros, pois foram retirados dos acontecimentos na vida deste Homem.
Certa vez vi uma reportagem no programa "Fantástico" da Rede Globo mostrando a região que era governada pelo Vlad e até hoje lá o pessoal é muito grato a todos seus feitos, sendo equiparado com Jesus para os católicos romanos. Fica aí a dica de um bom filme para background de aventuras.


Share on Google Plus

About Ale Santos

Storyteller, escritor de SCIFI,  Dark Fantasy e Designer de Narrativas para Board Games.  Um dos autores da Storytellers Brand'nFiction.  Editor do premiado blog RPG Vale, conhecido como @O_RPGista 
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 disqus:

Postar um comentário