rpgvale
1599924783602205
Loading...

Entrevista - Leandro Reis "Radrak"

Para estrear a coluna de entrevistas no blog RPG Vale, tinhamos que começar em grande estilo e escolhemos duas grandes personalidades do Val...

Para estrear a coluna de entrevistas no blog RPG Vale, tinhamos que começar em grande estilo e escolhemos duas grandes personalidades do Vale do Paraíba. De cara o Leandro Reis, também conhecido como Radrack, autor do mundo de Grinmelken.



Sou aquilo que tentam definir como nerd ou geek. Fã de quadrinhos, games, animes, filmes, livros e... RPG.

Moro em São José dos Campos-SP desde que nasci. Sou casado e tenho dois gatos vira-latas, uma, por acaso, chamada Galatea. Me formei em Análise de Sistemas por ser apaixonado por informática e hoje trabalho na área.

Em paralelo a este trabalho, eu mantenho viva a chama de Grinmelken, um mundo que criei para jogar RPG com uns velhos amigos e se mantém vivo até hoje. Seus personagens e lugares me assombraram até eu decidir imortalizá-los no papel e, admito, tenho gostado do resultado.

Além de escrever contos e romances, tenho cá minhas manias. Jogo vídeo game sempre que posso, sendo meu jogo-alma-gemea o famoso e inesquecível Final Fantasy 7. Coleciono trilhas sonoras, com destaque em cd’s de trilhas de filmes medievais. Coleciono também, desta vez de modo mais modesto, espadas e adagas, me cercando delas e de miniaturas medievais para me inspirar.




Fale um pouco sobre seu trabalho como escritor.

Eu sou um escritor iniciante. Meu maior projeto é a saga dos Filhos de Galagah, que constituem três livros. Sendo Filhos de Galagah, lançado em Dez/2008, O Senhor das Sombras, que vem em Maio/10 e, em seguida, Enelock, para fechar a saga. Este trabalho é o que mais tenho estima e o que mais me toma tempo.
Quando não estou na Saga do Filhos de Galagah, eu estou trabalhando em contos e material extra, que publico constantemente no meu site ( www.grinmelken.com.br ). Tudo ambientado em Grinmelken. Alguns destes contos foram selecionados e podem ser encontrados também em Antologias como “Anno Domini”, “Paradigmas 3” e, em breve, em “No Mundo dos Cavaleiros e Dragões”.


Terminando a saga, tenho planos de escrever livros “solo”, com alguns personagens marcantes de Grinmelken, mas que nada tem haver com a aventura narrada até então. Uma prévia:

“Garras de Grifo”, que narrará a história de Alexia, uma das gêmeas bárbaras que nasceram para ver sua tribo ser traída e tiranizada pelo próprio pai. A história se passa na região leste de Grinmelken, conhecida como “Império da Legião”.

“Irmãos Yrhall”, que conta a história que antecedeu a criação de Lemurian, cidadela invertida ( http://www.grinmelken.com.br/docs/reinos_Lemurian.pdf ), uma narrativa de sacrifício e decepção que originou uma das arquiteturas mais fantásticas de Grinmelken.

Quando começou a escrever e como foi quando percebeu que tinha talento?


Comecei a escrever no momento em que decidi registrar de modo profissional o mundo de Grinmelken. Isto aconteceu perto de 2004. Os primeiros rascunhos e contos me ajudaram a aprender a estruturar a história e a treinar a escrita. O primeiro livro ficou pronto em 2007.

Já o talento, todos nós temos. Ele é fruto de esforço, dedicação e paixão pelo que fazemos.

De qualquer modo, tenho muito o que aprender ainda.

Como é o mercado de escritores como você?


Tenho amizade com vários dos colegas escritores. Tenho grande estima por estes companheiros que já estão aí há um bom tempo: Helena Gomes, Raphael Draccon, Martha Argel, Sérgio Couto, Rober Pinheiro, Ana Cristina, Adhemir Pascale, Victor Maduro, Juliano Sasseron, dentre vários outros que sempre trocam idéias e sugestões comigo pelo MSN.

Já alguns mais famosos estão por aí também, como o André Vianco, pó exemplo, em quem me inspiro sempre. Os escritores são acessíveis e, a maioria deles, é extremamente receptível a novos escritores.

Tem alguma dica para quem quer começar a escrever assim como você?


Para começar a escrever, temos que ler. Depois, temos que estudar a escrita e aprimorar as técnicas utilizadas.

Se você já escreve, então aconselho a não ter medo de mostrar seu material. Registre-o na Biblioteca Nacional, depois converse com desconhecidos na net e dê sua obra para eles lerem e comentarem. Nossos conhecidos sempre nos elogiarão, e pior, o farão com sinceridade, pois eles nos verão como heróis (Um dia ainda entenderei isso...). Os desconhecidos porém, nos apontarão as falhas sem hesitarem e isto nos corrigirá e tornará nosso trabalho melhor.

Por que tudo isto? O mercado literário recebe centenas de obras diariamente. Para a sua obra ser aceita você precisa de um excelente trabalho e um pouco de sorte, caso contrário você não se destacará.

Eu fico a disposição para tirar qualquer duvida que vocês, leitores do RPGVale, possam ter. Abaixo colocarei meus contatos para vocês. Digamos que sou uma pessoa bem ativa na internet.

Muito obrigado por conceder esta entrevista,

Eu é que agradeço a oportunidade. Sou muito grato pelo apoio que o RPGVale me dá. Fico feliz de ver que meus contos estão criando asas e deixando meu site para visitar outros ares.

Um grande abraço a todos vocês!



Leandro Reis

Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=2698549987065200038
MSN: Grinmelken@hotmail.com
Twitter: http://twitter.com/radrak
Skoob: http://www.skoob.com.br/usuario/mostrar/4624/perfil:on
Blog: http://grinmelken.blogspot.com
Entrevistas 6520837473025082075

Postar um comentário

Página inicial item

Entre pra Guilda

Mais lidos da semana

Receba nossos corvos