Lua Nova, o que foi que eu fiz?

É isso que me passou pela cabeça quando saí do cinema, naquele dia infame que resolvi assistir ao filme baseado na obra da escritora Stephenie Meyer. Também acho que só fui, por estar com minha namorada...
até cheguei a achar que ela tinha gostado, mas não deu para engolir aqueles drama interminável na vida da jovem rebelde protagonista enquanto o mundo ferve na batalha clássica Vampiro X Likans. Sabe aquela cena de briga entre lobisomens no trailler? Aproveite, pois é uma das únicas coisas que dão vida e ação ao filme. Enfim posso dizer que a história é aquele romance mesmo que atrai garotas de 16 anos, no estilo malhação. O Vampiro some durante uma parte do filme e entra em cena um Likan, daí você acha que vai ficar melhor as cenas de ação e luta, mas não se iluda. A Trama continua na mesma, focada nas incertezas da garota. Na verdade indico que você vá ao cinema, assista e julgue por si mesmo, mas não se encha de esperanças.


Share on Google Plus

About Ale Santos

Storyteller, escritor de SCIFI,  Dark Fantasy e Designer de Narrativas para Board Games.  Um dos autores da Storytellers Brand'nFiction.  Editor do premiado blog RPG Vale, conhecido como @O_RPGista 
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 disqus:

Postar um comentário